segunda-feira, 23 de setembro de 2013

A HISTÓRIA DA LEITORA PATRÍCIA ALVES E SUA ENDOMETRIOSE INTESTINAL!!

O A Endometriose e Eu conta mais uma história surpreendente da nossa endoirmã Patrícia Alves, de São Paulo.  Infelizmente, a endometriose pode ser uma doença muito perigosa e traiçoeira quando não é levada a sério. Levada a sério por médicos e também por quem descobre que tem a doença. Nós já contamos aqui algumas histórias de descaso de médicos que pensam que a doença não é nada, muitos falam: "quando você engravidar vai precisar de ajuda"ou "engravida que melhora". Huum, doce ilusão. A história mais devastadora contada no blog foi a da catarinense Sabrina Petermann, que precisou retirar parte de alguns órgãos, dentre eles, a bexiga, um dos ovários, um ureter, e ainda fazer uma plástica na vagina, por causa da proporção que a doença tomou, pelo simples fato de que não houve atenção dos profissionais quando foi diagnosticada. Já contamos também historias das minhas queridas Cristiane Coelho e da Juliana Sinelli, onde ambas tiveram de retirar parte de seus intestino. Meu raciocínio é simples e não precisa queimar muito o cérebro. Pensa comigo. 

Se o diagnóstico da endometriose é extremamente tardio no Brasil (o meu demorou 18 anos), mas geralmente uma mulher demora de 8 a 12 anos para descobrir a doença, porque os médicos, a sociedade, os políticos e todas as outras pessoas não levam a doença a sério? Se em muitos casos (não em todos viu gente!) é preciso retirar parte de órgãos, por que não levam a doença e suas portadoras a sério? Eu não entendo. Não é só o câncer que pode deixar uma pessoa sem os órgãos, mas tantas outras doenças podem ter o mesmo efeito devastador no corpo do ser humano. E a endo é uma delas. No caso da Patrícia, por um triz ela não perde seu intestino delgado. Ela precisou usar a bolsa coletora de fezes durante 6 meses. Agora imagina só a barra que ela passou, mas graças a Deus ela tem muita fé e deu a volta por cima. E detalhe: as fezes do intestino delgado são semi-líquidas, e as do intestino grosso mais parecidas com as fezes que conhecemos. 

Vamos lutar para um futuro melhor para as futuras gerações de endo mulheres? Entre na campanha "Seja do bem, vote pelo reconhecimento da endometriose como doença social", vote no A Endometriose e Eu no prêmio TopBlog Brasil 2013! Ajude-nos a ter a doença reconhecida como social pelos nossos governantes! Clique no link: http://bit.ly/18wANh9 dê o seu voto por uma boa causa e compartilhe esta campanha entre seus amigos. Passo a passo da votação aqui A união faz a força e juntas somos mais fortes. Continue preenchendo a Ficha de Inscrição para a Marcha Mundial em prol das mulheres com endometriose, a primeira manifestação em massa que vai reunir mulheres do mundo todo. Até o momento, 23 países sairão às ruas no dia 13 de março de 1014 para mostrar que somos muitas e que precisamos ser respeitadas. O prêmio mais a marcha com certeza farão toda a diferença em nossas vidas. Quer ter sua história contada no blo pioneiro em retratar a vida de uma endo mulher? Escreva para carolinesalazar7@gmail.com e coloque o título "história da leitora". Beijo carinhoso!!  Caroline Salazar 

“Sou a Patricia Alves, tenho 32 anos e moro em São Paulo, capital. Aos 26 ouvi pela primeira vez que era portadora de endometriose, mas confesso que nunca tinha escutado falar dessa doença. Cheguei aos prantos em casa ao ouvir que seria infértil. Muitos anos de diagnóstico errado, remédios errados, e a doença só se agravando dentro de mim. Em 2007 me submeti à primeira videolaparoscopia e estava radiante por imaginar que essa cirurgia me livraria das dores. Porém, quando já estava internada, o médico me disse que se deparou com focos no intestino e ele não pôde mexer. Ou seja, fiz a cirurgia e as dores não melhoraram em nada. Com o passar dos meses, elas foram piorando, se intensificando. Em nenhum momento me disseram que eu precisava buscar um especialista em intestino. Tomei Zoladex e nada!

Em 2012 uma amiga que conhecia meu sofrimento, me indicou um médico particular. Mas eu estava tão desiludida que não me animei e deixei para lá... Pensava: ninguém resolveu até hoje e ainda vou gastar com consulta... Mas graças à insistência de minha amiga, e graças a Deus, ela insistiu, marquei a consulta. O médico maravilhoso, atencioso demais, entendido demais, após os exames disse que eu estava com endometriose profunda no intestino e precisava operar com urgência, pois meu intestino estava muito comprometido, correndo risco de ser perfurado, tamanha era a inflamação. Dois cirurgiões eram necessários, pois ele é ginecologista e o problema mais grave estava no intestino. Consegui a internação pelo convênio e paguei os médicos e equipe, meu pai me ajudou financeiramente.

Tive 16 cm do intestino delgado retirado, devido endometriose localizada no final do reto, quase no ânus. Precisei usar ileostomia por 6 meses (nota da editora: bolsa coletora de fezes quando a função do intestino delgado é desviada pelo abdômen, quando é o intestino grosso, esse procedimento se chama colostomia). Segundo o proctologista, usei a bolsa coletora para que houvesse uma melhor cicatrização da ligação do intestino. Mas confesso que foi uma fase MUITO DIFÍCIL para mim, pois lidar com essa situação não fácil. É preciso ter muita fé, como vocês dizem tanto aqui no blog....e eu tenho muita, muita fé.

Já estive em consulta para começar a tentar a engravidar, meu grande desejo, mas já me sinto muito feliz, realizada e aliviada por menstruar sem dor, ter relações  com meu marido sem dores e ter atenção e preocupação por parte dos meus médicos. Graças a eles, meus focos foram todos retirados. E não foram poucos. O mais triste é que para ter acesso a bons e capacitados médicos, custa caro e sei que isso não é possível para muitas portadoras da doença, que é desconhecida por muitos médicos, inclusive, dos de convênios como foi comigo.

O SUS precisa ser mais eficaz e atencioso com isso, pois a demora no diagnóstico só agrava a doença tornando possível um diagnostico irreversível, como retirada de órgãos, que se feito no tempo certo e necessário, é evitado. Triste realidade do nosso país. Amei o blog e quis contribuir com minha história para ajudar e alertar muitas endo mulheres. Beijo com carinho! Patrícia Alves”

29 comentários:

  1. Obrigada por compartilhar sua história. É muito bom saber que depois da cirurgia podemos viver sem dor. Tenho endometriose há 13 anos e não encontrei nenhum especialista pelo meu convênio, vou operar com um médico particular. Espero poder contar minha história tbm com um final feliz! Boa sorte nos seus planos futuros e que Deus continue te abençoando muito!

    ResponderExcluir
  2. Por Nina - Estou triste hoje.Bateu aquele desânimo sabe? Já fiz a video e as dores continuaram, então fiz o usg com preparação num especialista e descobri que a endo está profunda num lugar que não tem como tirar, 2 médicos já tinham me dito isso .estou casada há 3 anos e nunca consegui ter uma relação com meu esposo por conta das dores. Não sei como superar tudo isso...estou muito cansada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina não fique triste pois eu estou casada a 8 anos e sempre tive muitas dores e jamais conseguir engravidar depois de passar pela mão de 4 medicos no 5 é que foi me dado a esperança de fazer a retirada apesar de retirar 20 cm do intestino ainda estou sentido dor mais tenho muita fé que Jesus e os Médicos vão me curar.

      Excluir
  3. Olá estou operada de endometriose intestinal profunda a 14 dias e foi retirado 20 cm do intestino delgado só que o medico disse que não seria necessário o uso da bolsa de colostomia só que estou sentido cólicas leves e umas fisgadas na parte pélvica vc pode me informar se vc sentiu essas dores apos a cirurgia?
    Gostaria de agradecer a Caroline Salazar pelo blog.

    ResponderExcluir
  4. Meninas, eu estou passando por essa fase, descobri a endometriose ha mais ou menos uns 4 anos, no começo os médicos diziam ser apenas cisto, a descoberta foi dificil e nunca tinha encontrado um medico especialista no assunto. No começo me tratei pelo SUS, que onde foi que descobriram a endometriose, fiz todos os exames mas quando chegou a hora de operar, eles nao tinham o equipamento para cirurgia e acabei optando pelo convenio, mais um ano passou e fiz todos os exames mas nao operaram, não havia medicos para isso. Por um tempo fiquei sem convenio e sem ir aos medicos, as dores haviam sumido e achei que estava curada. Quando consegui um emprego, comecei a usar o convenio e fazer exames para saber se estava tudo bem, os exames deu que não tinha nada, ate o CA 135 não deu nada, pensei estar curada, porem as dores continuavam, as vezes, pois tomava anticoncepcional direto para nao menstruar. Ate que um dia, ano passado, passei muito mal de dor e fui levada ao hospital, onde fiquei internada e nos procedimentos descobriram endometriose profunda no intestino, foi dificil, mas encontrei um medico que opera e entende do assunto, isso tem 4 dias, estou fazendo os exames pre-operatorios, para quem sabe conseguir operar logo, mas o medico disse que ha possibilidade de ter q usar a bolsa de colostomia por uns meses e confesso que estou com muito medo, não sei como pensar e superar isso. Tbm não vejo a hora de não sentir mais dor, ter uma vida sem dor.

    ResponderExcluir
  5. O médico que fará meu tratamento é o Dr. Roberto e Dr. Hélio Sato. Os unicos em todos estes anos que me deram uma luz na cura dessa doença!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla, querida! Como vc está? Sua história será muito bem-vinda ao blog. Se vc topar, envie por email, por favor. Beijo carinhoso!! Caroline Salazar

      Excluir
  6. Olá Carla ...estou sofrendo a anos e somente agora Descobri esse triste diagnóstico .Gostaria de saber em qual hospital voce foi internada que fizeram o diagnóstico correto , pois acho que não vou aguentar o próximo ciclo . Estou muito mal. ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Veronica, só vi hoje sua mensagem, desculpas. O hospital é o Nipo brasileiro, faz 15 dias que operei.

      Excluir
  7. Olá,meu nome é Huergna tenho 30 anos e descobri a doença no ano passado em julho,um cisto endometriose no ovário esquerdo e em agosto fiz uma cirurgia,passei 4 meses sem fazer atividade física,pois antes eu fazia.,achei que eu poderia voltar a fazer atividade,foi quando senti dores e descobri outro cisto endometriótico no msm local,mas a minha trompa com inflamação.A outra cirurgia esta pra sair em março,este cisto cresce e sinto dores,além desta doença venho enfrentando um transtorno depressivo e ansiedade...e isto esta atrapalhando meu tratamento,pois o remédio não faz efeito.Fico muito triste com isto ,mas com a ajuda de Deus eu vou levando a vida...bjos

    ResponderExcluir
  8. Estou fazendo exames para operar um cisto grande no ovário esquerdo e infiltração atrás do colo do útero. To com medo de haver comprometimento intestinal, não quero ter que usar colostomia =(

    Michelle Melo - Brasília

    ResponderExcluir
  9. Fiquei um pouco assustada com os comentários porque ainda não tinha pesquisado de forma mais profunda sobre o assunto, e não tinha conhecimento inclusive de algumas coisas que foram citadas aqui como os casos que necessitam retirar uma parte dos órgãos, inclusive o intestino. Eu tenho 33 anos, descobri que tenho endo há 4 meses, quando estava tentando engravidar, mas sempre sofri com cólicas desde a adolescência, cheguei a desconfiar do disgnóstico, mas não houve uma investigação mais precisa. Os sintomas diminuíram com o tempo durante o uso de anticoncepcionais, mas retornaram fortemente o ano passado. Vou fazer a cirurgia dia 25 de abril, ESPERO QUE DÊ TUDO CERTO! Parabéns pelo Blog Carolina Salazar! Danielle Leal (RECIFE)

    ResponderExcluir
  10. Realizei a cirurgia,graças a Deus foi tudo bem, só estou com muitas gases ainda, mas as dores maiores passaram. Me deparei com um desses casos que precisa retirar uma parte do intestino, que foi da moça que estava na mesma enfermaria que eu, inclusive ela retirou uma parte do reto também. A parte mais difícil foi quando o médico falou no dia seguinte, que eu teria que tentar a FIV direto, porque estava com muita endometriose, mas tenho fé que não seja necessário, se for da vontade de Deus. Estou me recuperando bem, mas estava pensando em sair de casa na sexta quando fazem oito dias para realizar meus atendimentos, já que sou psicóloga e estou a duas semanas sem atender. Será que tem algum problema? Imagino que não, talvez o maior problema seja descer e subir as escadas do meu prédio. Um abraço! Danielle Leal (Recife)

    ResponderExcluir
  11. Minha história com a endometriose começou muito cedo. Fiquei menstruada aos 12 anos e sempre tive dor durante a menstruação que muitas vezes era incapacitante como até hoje, mas considerava ´´normal´´, pois muitos comentavam que cólica não é nada demais, por isso eu tinha que me entupir de medicamentos e fingir que estava tudo bem. O tempo foi passando, eu sofrendo, passando por vários médicos, tendo a menstruação interrompida, ouvindo de alguns profissionais que quando eu engravidasse tudo passaria, só que eu nunca consegui engravidar e as dores só piorando. Porém, aos 40 anos, quando passei no Pronto Socorro com o GO ´´Anjo Bravo´´ rsrs.. (bom, mas meio bravinho), Dr. Marcelo Koji Ota veio a minha primeira esperança. Este pediu uma Tomografia com preparo intestinal e fui diagnosticada com Endometriose profunda (13 cm no intestino), nos ovários e pelve. Sinto até então fortes cólicas, inchaço abdominal, TPM de matar, dor na relação sexual, dor entre as menstruações, alterações intestinais, alterações urinárias durante a menstruação e infertilidade. O próprio Dr. Marcelo Koji indicou um especialista no caso, que aceita meu convênio, e faz dois meses que estou aguardando ansiosamente a consulta e com Fé EM DEUS que um dia este sofrimento chegará ao final e eu finalmente possa levar uma vida normal de verdade. Você que ainda não sabe o que te causa tanta dor, não desista!!!

    Beijinhos...
    Adriane.

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde
    Gente, moro no Rio de janeiro, me chamo gabriella, e queria pedir a colaboração de vocês. Por favor, se alguém tiver indicações de medicos que operam endometriose no intestino teria como me passar contato? Minha mãe é portadora da endometriose e nao acha médico que opere. Por favor gente me ajudem! Grata desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Gabriela!
      Indico o Dr. Alexandre Miranda Duarte tel. 2286-6198 (Botafogo), ele é cirurgião geral e opera endometriose intestinal. Vou operar com ele no dia 26/06/15. Ótimo médico, muito esclarecedor. Indico também o ginecologista Dr. José Renato Ribeiro Alves Zuardi tel. 2259-3399 (Jardim Botânico) ele opera em conjunto com o Dr. Alexandre. Bom, se precisar de mais informações é só falar. Muita força que tudo vai dar certo! Bjos Patrícia Souza

      Excluir
  13. Boa noite meninas..
    Enfim criei coragem...vou deixar meu testemunho, espero que ajude a todas que puderem ler. Bem, minha história começou a um ano e meio atrás quando decidi retirar dois miomas de 8 cm cada. Sempre senti muitas cólicas quando mais jovem ( 17 anos), cólicas incapacitantes que me levavam a tomar analgésicos de todos os tipos, quando uma não fazia mais efeito eu ia lá em trocava. Hoje tenho 36 anos mas após os 30 muitas coisas mudaram, as cólicas foram piorando cada vez mais, a ponto de desmaiar de tanta dor. Como já tinha o diagnóstico de miomatose os sintomas foram confundidos pelo meu médico que os acompanhava desde os meus 25 anos. Ao realizar o pré-operatório para retirar esses miomas, fiz a ressonância da região pélvica. Lembro me perfeitamente o dia em que fui buscar o resultado, dia 28/12/2013...3 dias para o réveillon e 6 para o meu aniversário. E para a minha surpresa um laudo escabroso, enorme mas que de cara entendi tudo! endometriose profunda infiltrativa com lesão intestinal.....uffa! fora os miomas! fora o cisto de 6 cm no ovário esquerdo. Enfim meninas, mundo caiu...eu já vinha de um quadro depressivo na qual não sabia o porquê, minha relação acabando pois as dores que sentia no corpo eram algo que ficava difícil conviver, nem todos entendem..na maioria das vezes acham que é besteira, por muitas vezes ouvi da minha parceira.." você vive com essa cara de dor, chego do trabalho e você com dor, saio e você com dor". Pobre dela...nem ela e nem eu sabíamos o que eu tinha. Bem após a noticia começou a correria para chegar no médico que iria operar o mioma...ele pegou meu laudo, olhou pra minha cara e se contorceu na cadeira e me desferiu a seguinte frase: " Isso aqui não é comigo não! e sem me dá maiores explicações me disse: "Você precisa de uma equipe multidisciplinar para te operar menina, corra com isso". Agradeci e saí de lá pensando quem vai me operar? liguei para a Amil e disse: preciso de um medico que me opere com uma equipe multidisciplinar!, o atendente disse " senhora, não temos! na verdade eles tinham sim, só estavam dificultando a minha situação. Moral da história? não tem médico para me operar o que faço? pesquisei na net e encontrei o melhor especialista em endo, na qual não vou citar o nome, esse mesmo cobrou 650,00 só a consulta + 26,000,00 para a equipe dele, fora a anestesia 6,000,00...ah fora os exames! todos pagos ! pois eram feitos pela equipe dele, ou seja cistoscopia. colonoscopia, urodinâmica..entre outros..total quase 3000,00 em exames...ou seja tudo particular, a única coisa que a Amil pagaria era a internação e material pois até o médico que ia me operar com sua equipe a amil só cobriria a parte dele caso eu tivesse o plano top da Amil...enfim tudo teria que pagar....Ao sentar na minha primeira consulta com este médico, ele foi bem assustador, disse que o valor era esse e eu não tinha o que fazer pois a ultima cirurgia realizada no hospital publico na qual ele prestava atendimento havia sido feita a 3 anos atras. Foi quando disse doutor vou tentar levantar esse dinheiro para ser operada, e ele disse:" eu te opero, mas se você voltar aqui operada por outro médico te cobrarei o dobro, pois não é qualquer médico que opera o seu caso"...imagina...terror ! saí de lá chorando pensando como vou arrumar esse dinheiro.

    ResponderExcluir
  14. Comecei a juntar, pouquinho daqui dali..enfim até que 3 meses depois a Amil ( depois de muitos emails e ameças de processo na justiça) resolveu arrumar um médico. Me foi passado o contato do Dr. João Paulo Eprechett, um anjo que deus colocou em meu caminho. Minha primeira consulta com ele, sentada apreensiva, esperando...me sai um paciente operada por ele e diz sem ao menos me conhecer.."menina fique tranquila vc estará nas mãos de um anjo", aquela mulher nem mesmo sabia o porque de eu estar ali...era minha primeira visita ao consultório. Quando Dr. Jão saiu da saiu e me chamou e vi o quanto ele era pequenininho pensei...meu deus será que esse menininho vai resolver meu problema?Enfim....grande homem estava me deparando! me tranquilizou de todas as forma! gracas a Deus! meninas Dr. João me operou em 25/08/2014, uma cirurgia de 8 horas de duração...tenso! dei muito trabalho, tirou 2 miomas de 10 cm, 15 cm do intestino, o cisto, raspagem na região vaginal por dentro da pelve, descolou meu útero do reto, limpou um trompa obstruída...uffa..muita coisa! Aí meninas veio o pós operatório...dificil! não vou mentir...mas venci!!! Ainda me recupero, mesmo após quase 9 meses de cirurgia, mas to viva, malho, como de tudo! não tive restrição alimentar nenhuma! vida normal! faço tratamento com o Allurenne e sigo a vida! Confesso...a Endo me deixou mais viva, mais bonita pois hoje controlo o que como , malho pego pesado na academia, tomo meu chopp...vida normal mesmo!!! portanto não tenham medo! existe vida após a cirurgia da endo..e vida longa meninas!!! quanto a ser mãe, ele disse que posso, o mais rápido mas posso.Não é o meu proposito agora, mas o ano que vem vou congelar meus óvulos para serem implantados na minha parceira...pode parecer estranho mas são meus planos, e planos cada um tem os seus! um grande abraço a Caroline Salazar pois foi através do seu blogger que encontrei estímulo para lutar!

    ResponderExcluir
  15. Bruna que história!! Que bom que deu tudo certo no final. Gostaria de saber o nome do médico que te cobrou R$ 26.000,00 na cirurgia, parece piada né, fazendo fortuna com a dor alheia!!
    Eu vou operar dia 26/06 também pela Amil, endo no intestino!!!
    Queria te perguntar: você usou a bolsa de colostomia?? Talvez eu precise e isso não me deixou feliz.
    Fico aguardando tua resposta. Força que somos guerreiras!! Bjoss Patrícia Souza

    ResponderExcluir
  16. Bom Dia meninas! Tenho endometriose intestinal profunda e estou desesperada atras de um medico experiente que opere o intestino em SP! Tenho convenio da Unimed mas nao sei se o Plano cobre! Por favor me ajudem!!! Vcs conhecem bons profissionais??? Obrigada

    ResponderExcluir
  17. Olá amigos quero comentar aqui o meu caso e a simples solução que encontrei.

    Eu durante 10 anos tive muitos problemas de intestino fiz 3 vezes Colonoscopia, passei por 5 médicos todos com
    diagnósticos diferentes, mandaram eu trocar a alimentação não comer chocolates, especiarias, gorduras, frutas,
    feijão, repolho, brócolis, leite, bebidas gaseficadas, álcool e principalmente alimentos com gluten.
    Segui a risca todas as recomendações e nada adiantou.

    Meus Sintomas eram esses:
    - Estresse - acho que todos que tem problemas com intestino é estressado ou meio depressivo, no meu caso era assim.
    - Dor Abdominal Forte ou Cólicas
    - Gases
    - Diarréia ou Constipação - dependendo do que eu comia esse quadro se alternava, alguns dias dava diarréia outros prendia o intestino
    - Muco nas Fezes

    Era meio estranho pois tinha tempos que dava uma melhorada e tinha tempos que parece que esses sintomas se agravavam.

    Até que há 2 anos atrás eu comecei a pesquisar sobre probióticos e prebióticos e cheguei a conclusão que o melhor custo benefício como probiótico
    seria o Kefir de Leite e o melhor prebiótico seria a fécula de batata crua pois ela é um amido resistente puro e encontra em qualquer mercado.

    O amido resistente que no caso é a fécula de batata crua passa direto pelo aparelho digestivo sem ser digerido e vai parar no intestino intacto e esse amido resistente serve como alimentação para as bactérias boas do nosso intestino,
    essas bactérias boas você consome através do Kefir de Leite que é uma colônia de bactérias boas para a restauração e renovação da nossa flora intestinal.

    Comecei a consumir todos os dias 2 copos de Kefir de Leite misturado com 1 colher de sopa de fécula de batata crua, parece uma coisa muito simples não ?

    Por incrivel que pareça em 1 semana meu intestino já regularizou, em 2 semanas não tinha mais nenhum sintoma, continuei tomando e tomo até hoje todos os dias
    depois de 4 meses que eu estava tomando fui fazer uma nova colonoscopia e o médico se surpreendeu comparando com os antigos resultados, eu contei para ele o que estava tomando e ele
    confirmou que realmente tem muitas pessoas tendo ótimos resultados e benefícios com o Kefir de Leite mas como ele não têm autorização para receitar produtos naturais e só pode
    receitar remédios de laboratórios e de farmácias ele não receita de forma alguma, mas disse que era para eu continuar tomando que isso tinha me curado.

    Descrevi aqui exatamente o que o médico me falou.

    Então pessoal estou deixando aqui esse relato para quem interessar que pesquise sobre o Kefir de Leite, na internet e youtube tem muitas informações, vocês vão se surpreender.

    O único problema desse Kefir de Leite é que é difícil de encontrar, mas eu encontrei um site que vende pelo valor de R$24,90 já com o frete incluso e entregam em todo o Brasil.

    o site é esse:

    kefirdeleite.com


    O Kefir de Leite quando você compra vem os grãozinhos e com esses grãos você mesmo vai fazendo em casa pois ele vai reproduzindo e vai tomando todos os dias, você compra apenas uma vez e se bem cuidado dura anos e anos.

    Então não custa dar uma pesquisada pois o meu estado eu considerava grave e me incomodava demais, estou deixando esse post em agradecimento a esse abençoado Kefir de Leite que mudou a minha saúde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jessica Pontes, sinto há anos os mesmos sintomas que voce !!! Obrigada pelo seu depoimento, vai ajudar muita gente, já me ajudou bastante !!!

      Excluir
  18. Olá amigos quero comentar aqui o meu caso e a simples solução que encontrei.

    Eu durante 10 anos tive muitos problemas de intestino fiz 3 vezes Colonoscopia, passei por 5 médicos todos com
    diagnósticos diferentes, mandaram eu trocar a alimentação não comer chocolates, especiarias, gorduras, frutas,
    feijão, repolho, brócolis, leite, bebidas gaseficadas, álcool e principalmente alimentos com gluten.
    Segui a risca todas as recomendações e nada adiantou.

    Meus Sintomas eram esses:
    - Estresse - acho que todos que tem problemas com intestino é estressado ou meio depressivo, no meu caso era assim.
    - Dor Abdominal Forte ou Cólicas
    - Gases
    - Diarréia ou Constipação - dependendo do que eu comia esse quadro se alternava, alguns dias dava diarréia outros prendia o intestino
    - Muco nas Fezes

    Era meio estranho pois tinha tempos que dava uma melhorada e tinha tempos que parece que esses sintomas se agravavam.

    Até que há 2 anos atrás eu comecei a pesquisar sobre probióticos e prebióticos e cheguei a conclusão que o melhor custo benefício como probiótico
    seria o Kefir de Leite e o melhor prebiótico seria a fécula de batata crua pois ela é um amido resistente puro e encontra em qualquer mercado.

    O amido resistente que no caso é a fécula de batata crua passa direto pelo aparelho digestivo sem ser digerido e vai parar no intestino intacto e esse amido resistente serve como alimentação para as bactérias boas do nosso intestino,
    essas bactérias boas você consome através do Kefir de Leite que é uma colônia de bactérias boas para a restauração e renovação da nossa flora intestinal.

    Comecei a consumir todos os dias 2 copos de Kefir de Leite misturado com 1 colher de sopa de fécula de batata crua, parece uma coisa muito simples não ?

    Por incrivel que pareça em 1 semana meu intestino já regularizou, em 2 semanas não tinha mais nenhum sintoma, continuei tomando e tomo até hoje todos os dias
    depois de 4 meses que eu estava tomando fui fazer uma nova colonoscopia e o médico se surpreendeu comparando com os antigos resultados, eu contei para ele o que estava tomando e ele
    confirmou que realmente tem muitas pessoas tendo ótimos resultados e benefícios com o Kefir de Leite mas como ele não têm autorização para receitar produtos naturais e só pode
    receitar remédios de laboratórios e de farmácias ele não receita de forma alguma, mas disse que era para eu continuar tomando que isso tinha me curado.

    Descrevi aqui exatamente o que o médico me falou.

    Então pessoal estou deixando aqui esse relato para quem interessar que pesquise sobre o Kefir de Leite, na internet e youtube tem muitas informações, vocês vão se surpreender.

    O único problema desse Kefir de Leite é que é difícil de encontrar, mas eu encontrei um site que vende pelo valor de R$24,90 já com o frete incluso e entregam em todo o Brasil.

    o site é esse:

    kefirdeleite.com


    O Kefir de Leite quando você compra vem os grãozinhos e com esses grãos você mesmo vai fazendo em casa pois ele vai reproduzindo e vai tomando todos os dias, você compra apenas uma vez e se bem cuidado dura anos e anos.

    Então não custa dar uma pesquisada pois o meu estado eu considerava grave e me incomodava demais, estou deixando esse post em agradecimento a esse abençoado Kefir de Leite que mudou a minha saúde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MARAVILHA!! Acredito muito que a natureza é que nos cura de forma eficaz. Fazendo desaparecer os sintomas negativos apresentados pelo nosso corpo de forma sábia para nos mostrar que algo não vai bem. E a natureza nos devolve a saude de forma integral. Devemos claro nos alimentar bem evitar alimentos nocivos, todas as formas de alimentos sem agrotoxicos, naturais organicos tbém é uma maneira simples de cuidar da vida deixando nosso corpo sempre equilibrado. Parabéns por fazer sua propria pesquisa e atraves dela se curar. Muito Bom mesmo! Um Viva paa seu comentario. As vezes uma cirurgia é necessaria mas é fundamental descobrirmos uma maneira de obtermos saude para nao pularmos de cirurgia em cirurgia.... Obrigada pela sua dica.

      Saude para todas nós!!!!

      Excluir
  19. Tenho mts sintomas da doença..bexiga intestino e dor de cabeça crônica. Gostaria de me corresponder com alguém q se identifique c isso. flaviafgama@hotmail
    Com

    ResponderExcluir
  20. Tenho mts sintomas da doença..bexiga intestino e dor de cabeça crônica. Gostaria de me corresponder com alguém q se identifique c isso. flaviafgama@hotmail
    Com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho endo e estou na justiça pra operar, tenho dores de cabeça cronicas e tenho endo no intestino,na bexiga, nos ovarios e etc...

      Excluir
  21. Olá... Nossa é cada comentário de dar frio na barriga! rs
    Fico muito feliz em ver que são casos positivos e com muita fé envolvida.
    Tb tenho endometriose intestinal e preciso de um especialista no RJ que aceite a Unimed. Se alguém puder me ajudar, já sou muito grata!

    ResponderExcluir