quinta-feira, 31 de março de 2011

VOLTA À ACUPUNTURA E EXAMES!!

No fim de fevereiro voltei à sessão de fisioterapia na ABA- Associação Brasileira de Acupunura. Até agora, já fui a três. Em outubro de 2010, comecei o tratamento quinzenal lá. O bom é que além de colocar as agulhas para a dispareunia, eles colocam também para todas as dores. Dor de cabeça, nas costas, nas pernas e, até para o nosso emocional. Na última sessão, dia 24, última quinta-feira, além das dores habituais, no abdômen, nas pernas e na lombar, eu estava o dia todo com uma dor de cabeça e no pescoço. Nossa!! Aos poucos, a dor foi sumindo. Saí de lá sem a tal dor. Mas, a da perna e a do abdômen, não melhorou, apenas amenizou.

Na sexta, lá estavam elas de novo. Aí, no sábado fui limpar a casa e, pronto. Quase não aguentei terminar a limpeza. Elas voltaram com tudo. Fiquei mal sábado e domingo. Infelizmente, não posso fazer tudo o que fazia antes. Sei que muitas mulheres passam por isso, mas eu pensei que não fosse o meu caso. Na ABA, o atendimento é feito em dupla.

Além do Renato, que já me atendia no ano passado, conheci a Renata. Até parece formação de dupla sertaneja, Renato e Renata. O atendimento é feito pelos alunos da escola, e é gratuito. A próxima é no dia 07 de abril. Aí, eles vão fazer a minha avaliação, para passar o meu tratamento à outra dupla. Na última sessão, eu não vi a Eleonora, professora da ABA, que conheci na UNIFESP, e me convidou para fazer as sessões com as agulhas.

Na terça-feira, dia 29, fui ao Laboratório Cura e fiz o ultrassom transvaginal, mas acho que os malditos não apareceram. É provável que eu precise fazer a ressonância. Eu até prefiro. O Dr. Jacob, que realizou o exame, diz que tem inflamações pélvicas. Quando ele apertou as laterais, para ver ovários, trompas, eu gritei de dor. Mas, do lado esquerdo, doeu muito, mais muito mais. Quando foi para o ligamento úterossacro também doeu. Aliás, só o apoio que já tinha na cama, já doeu toda essa parte.

Seja o que for a única coisa que quero é ficar um pouco sem dor. Hoje e ontem, elas aumentram um pouco. Na perna, parece uma pressão, mas também sinto os meus músculos latentes, meio que pulando, na perna, na coxa, na barriga e, às vezes, até nos braços. Fiz também os todos os CA´s, acho que são quatro. Bom, vamos ver o que vai dar! Bom é isso! Vou dormir e tomar mais um comprimidinho de Buscopan. Beijos com carinho!!

14 comentários:

  1. Nossa Carol parece que estou me ouvindo falar esta semana fiquei com tanta dor nas pernas que achei estava com tvp ou algo parecido , enxaqueca então nem se fala SOCORRO!!!
    Ah liguei no numero que você me deu esta semana estou indo lá.
    Este fim de semana estou por ai de novo, se quiser alguem para desabafar é só falar.
    Saúde e Paz
    Beth

    ResponderExcluir
  2. Oi,Caroline
    meu nome é Renata e tenho endometriose,sei mt bem do que vc esta relatando e posso te dizer que sofremos mt mesmo,eu ate desmaio de tanta dor e fraqueza,ja fiz a ressonancia que confirmou a endometriose e estou com operacao marcada para 9 de maio 2011,ufs,,,,nao queria ter que passar por isso mas nao temos outra solucao,adorei o seu blog e soube so agora pq estou vendo a novela pelo youtube pq nao moro no Brasil.....te desejo sorte ,fé e mt saude
    bjinhos grande
    obrigada por falar nesse assunto

    ResponderExcluir
  3. Oi Caroline!
    Também tenho endometriose e realmente ela é muito dolorosa tanto psicologica quanto fisicamente. Queria dizer que adorei o site e que me ajudou a entender algumas coisas que ainda não havia conseguido. Parabéns por essa iniciativa que é maravilhosa!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Regina Elizabeth - Goiânia2 de abril de 2011 18:42

    Ué Caroline, vc suspendeu os anticoncepcionais? Estou pretendendo fazer a cirurgia no final do mes, mas até lá eu suspendi a menstruação, agora o engraçado é que o anticoncepcional que estou tomando, a menstruação está descendo um pouco, mas não estou sentindo dor. Na época das minhas dores a minha única salvação era a acupuntura, é um alívio! Melhoras pra vc. Regina.

    ResponderExcluir
  5. Rejane Pitta - SP3 de abril de 2011 13:51

    Carol,
    Sempre leio as notícias desse blog e fico muito sensibilizada, com tudo!
    Eu, como já falei, graças a Deus não sofro desse mal, mas acho de fundamental importância tomar conhecimento desses relatos para ajudar outras pessoas.
    Um dia desses conheci uma sra. numa banca de jornal, que de repente começou a me falar de sua filha de 19 anos, que sofre com cólicas, muito fluxo, dores nas pernas e costas, etc. No mesmo momento lembrei desses relatos, comecei a falar sobre a endometriose, anotei seu blog, falei para ela passar para filha conhecer um pouco sobre a doença e se for o seu caso, procurar ajuda médica.
    Acho que todos, homens e mulheres, devem carregar essa bandeira, para um dia o tratamento da endometriose fazer parte de uma grande conquista, extensiva a todas mulheres, contada por seus filhos e netos.
    Eu creio que Deus fará milagres!
    Meditem em Efésios 3:20,21-
    "Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, a esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém."
    Bjus.

    ResponderExcluir
  6. Beth, querida, como vc está??
    Eu trabalhei no sábado. Hoje, domingo, estou com pouco de dor. Pena não nos encontrarmos. Mas quem sabe em uma próxima! Você marcou na UNIFESP? Lá os profissionais são maravilhosos! Beijos com acrinho!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Renata, como vai?
    Em qual país você mora? Querida, a cirurgia é necessária para melhorarmos mesmo! Muitas vezes, mais de uma, acredita! O mal tem que ser cortado pela raiz!! Mas vai com FÉ, que tudo dará certo. Obrigada pelo carinho!! O blog é nosso, tá. Seja bem-vinda!! Depois volta para contar como foi a cirurgia. Já estou na torcida! Boa sorte! Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Lorena, como vai??
    Seja bem-vinda ao blog!! Ele é nosso!! Fico feliz que gostou e, que ele ajudou você, a entender melhor essa doença tão perigosa e enigmática chamada endometriose. Não sou médica e, muito menos, especialista na área, mas conto a minha história e, levanto a bandeira da dispareunia, que quase nenhum médico fala e, quase ninguém conhece. Quando falam, não citam o nome e, muito menos, o tratamento, a fisio uroginecológica. Obrigada por seu carinho!!Volte sempre!! Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir
  9. Olá Regina, minha conterrânea, como vai?
    Eu não suspendi o anticoncepcionail, não!! Eu tomo o Level direto, sem pausas, desde uma semana após a cirurgia, no começo de agosto de 2010. Recebo alguns e-mails falando isso, que, mesmo com o uso contínuo de anticoncepcionais, ou até mesmo do Zoladex, a menstruação ainda persiste em descer. Você precisa falar isso com o seu médico. Comigo nunca aconteceu isso! Conversa com o seu especialista. Boa sorte em sua cirurgia!! Já estou na torcida! É super sussa, você vai ver. Depois volta para contar como foi!! Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  10. Olá Rejane, como vai??
    Fico muito feliz de sua sensibilidade e engajamento com a doença, principalmente, por você não ser uma portadora. Pessoas como você são raras e fazem toda a diferença para um país melhor. Eu tenho duas ou três amigas assim. Só!! Infelizmente, a doença é muito perigosa e, sua ajuda, é muito importante. Mas quase ninguém tem esta consciência. Depois, envia-me um e-mail. Eu já respondi um comentário seu, lembro-me do seu nome. Obrigada por ler o blog e indicá-lo. Ele é fruto de muito carinho e amor. Crei-o justamente para ajudar a salvar vidas. A endo não mata, mas destrói toda a vida da mulher. O salvar que digo é: salvar mulheres das dores, do desprezo familiar e da sociedade. Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir
  11. Patty Córdova diz...
    Também faço acupuntura para endo, desta vez não tem dado muito certo, mas no ano passado me ajudou muito. Tenho endo no intestino e estou fazendo os exames pré-operatórios, dia 11/04 levo ao médico e ja marco a data da cirurgia, vou ter que tirar um pedaço do intestino. Estou com um misto de medo e alivio por me livrar dessa dor, pelo menos a do intestino. Com essa será a quarta cirurgia por causa da endo. Tenho hoje apenas um ovário, já tive endo também na bexiga. É muito complicado viver assim com tanta dor, mas com fé e amor a nossa vida e aos nossos familiares no final nossa luta valerá muito a pena. Fiquem com Deus. Bjs á todas essas batalhadoras.

    ResponderExcluir
  12. Olá Patty, como vai??
    Vai com FÉ, que tudo dará certo. Pior do que está não vai ficar. É assim que penso! Meio a la Tiririca! haha Após, a cirurgia, você vai ver que tudo será bem melhor. Eu fiquei quase cinco meses sem nenhuma dor. Se Deus quiser, essa será a quarta e a última cirurgia. Tenha FÉ, conversa com Deus. Só Ele tem o poder. Já estou aqui torcendo muito por você e enviando boas energias. Depois volta para contar como foi. Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir
  13. Olá meu nome é Eliana: Estou sofrendo com dores horriveis que,que acompanha meu ciclo menstrual,tenho colica desde a 1° menstruação,quando ovulo do lado esquerdo é pior,chego ficar sem andar uma dor que vai da virilha até a perna coxa esquerda,meus musculos parecem que ficam pulando,a dor vai pela lombar,minhas fezes ficaram finas(cada vez +)colonoscopia normal,só fica normal quando mesntruo um ou dois dias seguidos,já tive sangue nas fezes,meu xixi perdeu a pressão,ultra son abdomem normal,exame reumatoligos tiriode de hachimoto(hipoterioidismo auto imune)neurológicos vou fazer ainda,ultra son inguinal hernia inguinal bilateral(vou fazer cirurgia) e linfonodomegalia,com o maoir linfonodo com 4cm,mormal,exames de sangue proteinas um pouca aumentadas,exame de urina normal,ultra son trans vaginal cisto(suspeita dermoide)e miomas pequenos no utero,ressonancia maguenética cisto de endometrioma ovário esquerdo de 2 cm.O médico disse não ser nescessario cirurgia,pois minha mesntração não é exagerada e vem correta, não consigo tomar anti-concepiconal tenho reçãoes diversas e nausias,estou atualmente icapacitada de andar com dores que não passam com nada,gostaria de saber se posso ter endometriose?Parece que os médicos ginecologistas ainda nunca ouviram falar disso questionei e desconversaram.Sou de Sorocaba.Preciso de ajuda para descobrir quero voltar a ter minha vida sem dores já estou assim a 3 anos,mas agora piorou,toda ovulção tenho que ir na emergencia tomar tramal que dura só meia hora,tomo lisador para dormir.Obs,não tenho depressão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Eliana como vai?
      Nossa que desespero que vc está. Morrendo de dores e todos os exames normais. Vc já fez a ressonância magnética do abdômen e da pelve, ou também o ultrassom transvaginal com preparo? Pois, não são todos os exames que apontam a endometriose. Agora se em um constatou um cisto, se for no ovário pode ser endometrioma, que é um tipo de endometriose. Vc precisa esclarecer tudo isso com o seu médico. Porque tudo o que vc está relatando pode ser um indicio de endometriose. Fezes finas, dores nas pernas, no ovário esquerdo, sangue nas fezes.... tudo são sintomas da endo. Em Sorocaba, infelizmente não sei de nenhum médico, mas indico o SUS da capital paulista. Dá para vc vir numa consulta aqui? Vc liga marca e vem. Os atendimentos são feitos todas às quartas-feiras. Se vc quiser se consultar n UNIFESP, envia e-mail para carolinesalazar7@gmail.com Afinal, eu também concordo que vc precisa ter sua vida de volta como era e sem dores. E não certo viver à base de Lisador. Beijos com carinho!!

      Excluir