segunda-feira, 14 de março de 2011

A HISTÓRIA DA LEITORA CRISTIANE PALACIO E SUA ENDOMETRIOSE!!

Hoje, o A Endometriose e Eu conta a história da leitora Cristiane Rodrigues Palacio, de 39 anos, que mora em São Paulo. Eu gosto muito de contar histórias aqui, pois, como cada orgnismo reage de um jeito, as endos não são iguais, inclusive, seus sintomas. Mas a cólica forte e o fluxo intenso nas menstruações são os pontos que muitas de nós temos em comum. Mesmo com sua endometriose mais avançada, descoberta após um aborto espontâneo, Cristiane sempre acreditou que poderia realizar o sonho de sua vida: gerar um filho. Hoje, ela é mãe de João Pedro, de 3 anos. Por conta de o blog ter sido citado em Insensato Coração, na última segunda-feira, dia 7, tenho recebido inúmeros e-mails com a mesma dúvida, será que posso engravidar! Como não sou médica, digo que só o especialista pode responder. Mas, que independente da resposta, o principal é ter FÉ e acreditar que tudo é possível! Basta acreditar e correr atrás. Como Cristiane!

Como muitas de nós, Cristiane também tem o seu anjo, o grande especialista em endometriose Dr. Mauricio Simões Abrão, presidente da Sociedade Brasileira de Endometriose, professor pelo Departamento de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital das Clínicas da FMUSP e responsável pelo Setor de Endometriose do HC. Espero que se inspirem nessa história com final feliz! Beijos com carinho!!

“Desde a minha primeira menstruação sentia fortes cólicas. Sou de uma família humilde, e na época, não se ouvia falar desta patologia. Lembro-me que minhas menstruações eram abundantes, a ponto de ter que voltar para casa, e passar vergonha no ônibus a caminho da escola. Em 2001, realizei o grande sonho de minha vida: engravidei. Mas esse sonho durou muito pouco, pois tive um aborto espontâneo. Em 2003, fiz uma laparoscopia e descobri que sou portadora de endometriose em estágio bem avançado. Como fiz a cirurgia sem preparo intestinal, teria que me submeter à outra cirurgia para tirar os focos do intestino. Logo em seguida, entrei em menopausa induzida com uso do Zoladex. Foi uma fase horrível, a injeção me fez passar muito mal. Comecei uma peregrinação com vários médicos, a doença para mim era uma grande incógnita, muitos deles me diziam que, se eu operasse, poderia ter uma lesão no intestino e, como consequência, passaria a usar a bolsa de colostomia (nota da editora: bolsa afixada no abdômen, por meio de uma incisão, com o objetivo de drenar as fezes, quando o intestino grosso, reto ou ânus não funciona normalmente). Muito abatida, e triste com a possibilidade de não poder gerar um filho, minha vida ficou bastante difícil. Não sorria mais para nada, até que resolvi pesquisar tudo sobre a endometriose na internet, e passar a conhecer tudo sobre a doença.

Depois de muito estudo e pesquisa vi que em São Paulo há um grande especialista em endometriose, o Dr Mauricio Simões Abrão. Marquei uma consulta em seu consultório particular na Chácara Santo Antônio. No dia da consulta levei todos os meus exames ordenados por datas, e os apresentei nessa ordem. Para o meu espanto, ele simplesmente tirou todos do lugar. Confesso que fiquei desestabilizada, mas depois entendi que sua atitude foi de propósito. As mulheres com endometriose têm um perfil perfeccionista. Apresentam uma cobrança pessoal de sucesso, competência, e exigência de resultados. Muitas delas são pilares de suas famílias ou de seus núcleos de relacionamentos. São como para-raios de problemas que assumem para si, sofrimentos, preocupações e querem resolver todos os problemas que estão em sua volta, como de seus amigos, irmãos, pais, filhos, até marido e namorados. São exigentes em seus relacionamentos em qualidade e, impulsiona seus parceiros ao sucesso. Quando isso não acontece traz frustrações e acumula decepções. São pessoas de perfil estressadas, ansiosas, e se angustiam em qualquer situação que dependam de terceiros.


Portanto, bagunçar os meus exames foi um jeito de me estudar. Durante a consulta ouvi de um estranho tudo o que sou. Chorei tanto, que gastei uma caixa de lenço.
Esse médico não cura apenas a doença, mas a sua causa. Até me incentivou a correr. Na hora achei uma piada, pois, além de asmática tenho hérnia de disco. Aí, Dr. Mauricio explicou que a atividade física seria necessária para o tratamento contra a endometriose, devido à liberação de endorfina durante o exercício. No início de 2005 fui operada por ele. Na cirurgia precisei retirar sete cm do intestino afetado pela doença. A cirurgia foi um sucesso, a equipe do Dr Mauricio cuidou de mim com muito carinho.

Logo após a recuperação, comecei a fazer caminhadas e, em pouco tempo, a correr. Cheguei a correr 21 quilômeros, participei de uma prova de 10 quilômetros, e até que não fui mal. Passei a gostar mais de mim, e consegui focar minhas forças na tão sonhada gestação. Mas agora me sentindo forte e capaz. E, mais uma vez, o Dr. Mauricio Abrão foi o meu anjinho da guarda. Fiz a FIV (nota da editora: fertilização in vitro) em sua clínica com o Dr João Antônio. Na primeira tentativa engravidei do João Pedro, hoje com três anos. Nunca achei que pudesse sentir algo tão grandioso como o amor que sinto pelo meu filho. Cada vez que olho aquela carinha linda, lembro da dedicação, do carinho e da competência desse profissional, que não tenho dúvidas, foi enviado por Deus. Um beijo carinhoso, Cristiane Rodrigues Palacio, mãe do João Pedro.”

36 comentários:

  1. Adorei ler esta história...

    Abraços....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi meninas, fiquei muito feliz ao ler sua história, mas tenho que alertar quem leia da minha experiencia.
      Sou nova por aqui e sei exatamente com é a dor de não ver seu sonho concretizado, por isso espero ajudar...
      Dri, sp,
      Gostaria de compartilhar mina experiencia com você para que não passem pelo mesmo que eu .
      bjos e muita fé!
      Fiz cirurgia de endometriose com o Dr Mauricio Simões Abrão em fev/14.
      Após a cirurgia, ele me falou da FIV e decidimos fazer, porém não gostei do atendimento dado a nós pela clínica INVIDA e nem pelo proprio Dr Mauricio Simões Abrão.
      Durante todo o processo da FIV, só vi o Dr Mauricio Simões Abrão uma vez, no primeiro dia, onde fechamos os valores.
      Depois que demos os cheques no primeiro dia, durante todo o processo, sempre que chegavamos a INVIDA eramos atendido por um estagiário ou residente, e eles nos informavam que o Dr Mauricio Simões Abrão estaria no dia da coleta e transferencia,
      Quando chegamos para a coleta dos óvulos, novamente fomos atendidos por estagiarios da clinica e não vimos o Dr Mauricio
      Tentavamos falar com ele, mas ele não retornava ligações ou email
      Na transferencia, quando chegamos ao hospital fomos avisados novamente que ele não estaria, e o médico que nos atendeu nunca havíamos visto.
      A FIV deu negativa, e ate hoje não conseguimos qualquer contato com o Dr Mauricio Simões Abrão.
      Nao recomendo, pois o tratamento é bem caro, e ele serve somente para chamar pacientes, pois depois que fechamos o contrato é a equipe dele de estagiários que faz todo o processo.

      Excluir
  2. Nossa!!! Chorei a leitura toda, parece que estava falando para mim...

    ResponderExcluir
  3. Gláucia, querida!
    É só ter FÉ que podemos tudo! Obrigada por sua visita! Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus, sonho com essde final feliz todos os dias!!! Hoje recebi um sms do meu marido que dizia assim:..."é com vc que desejo viver o resto da minha vida e sonho do fundo do meu coração constituir uma lina família com vce peço a Deus que ilumine nosso caminho para que consigamos realizar este nosso grande desejo".
    Fiquei pensando qndo vou poder realizar nosso sonho? Quero mto um final como o da Cristiane!
    Qndo ela falou do perfil das mulheres com endo me encaixei totalmente, sou tudo aquilo e mais um pouco sou perfeccionista e não consigo lidar com meus fracassos...
    bjos E Força pra toas nós!!!

    ResponderExcluir
  5. Rejane, querida!
    Você tem um marido maravihoso e que a ama muito. Tenho certeza que você realizará o seu sonho de ser mãe, em breve. Só precisa ter muita FÉ, seguir o tratamento e correr atrás do seu sonho. E olha esse perfeccionismo, não pode! haha Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  6. Cristiane, sua história é bem parecida com a minha,minhas duas filha foi um presente de Deus depois de uma sofrida endometriose. Bjoss

    ResponderExcluir
  7. Ver a história da Cristiane nos dá a esperança de uma história feliz! Interessante... vejo todas falando no Zoladex... na época em que fiz a minha videolaparoscopia, logo depois fiquei 6 meses tomando injeção de Lupron.. que antecipou a minha menopausa, me deixou sem menstruar e não achei os efeitos tão devastadores. Após esse período de 6 meses, meu médico me sugeriu o anticoncepcional Implanon e eu já estou no 3º implante. Graças a Deus ele não me deu efeitos colaterais... (engordar, rejeição, acne etc...). Duas vezes por ano faço ecografias e mais uma vez agradecendo a Deus... meus cistos estão pequenos e estabilizados... não sinto mais fortes dores desde a cirurgia que foi em 2001... porém de vez em quando surge uma dorzinha chata!!! Acho que a minha endo deve ser a mais tranquila... É uma batalha!!! :(

    ResponderExcluir
  8. Adorei a historia da Cristiane. São finais assim que devemos acreditar, que cada uma de nós, portadoras da Endo, podemos alcançar. Mas com muita Fé e Esperança em Deus.

    Bjos a todas

    ResponderExcluir
  9. Olá Flaviana e Sandra!
    Coloquei a história da Cris para servir como fonte de inspiração às minhas leitoras. É só ter FÉ e lutar por seus sonhos. Nada é impossível! Vamos à luta! Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  10. Vanessa, querida! Que ótimo saber que você não tem mais aquelas terríveis dores. Eu operei em julho de 2010, e as minhas já voltaram. Mas provavelmete foi por conta de um estresse real que passei em dezembro, que abalou o meu emocional por completo. Fiquei depressiva por sete dias na cama. O pior é que fiquei assim bem no Natal. Foi o primeiro Natal que passei sozinha, longe de todos, sem festa, na cama. O ser humano é muito maldoso e confiar em uma pessoa que não teve palavra, me deixou assim. Depois disso, minhas dores diárias voltaram e tomo vários comprimidos de Buscopan Composto todos os dias. Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  11. Adriana Heintz Dias Moro15 de março de 2011 22:12

    Carol!!
    Tbm operei no mês de janeiro, e depois de alguns stress voltei a ter dor do lado direito que não deu nada na ultra, olha me encaixo no depoimento da Cris sobre como é a mulher com endo, pq será que somos tão perfeccionista???
    Isso nós faz sofrer....
    Bjs a todas

    ResponderExcluir
  12. Ola Cris,

    Acompanhei meio que de longe esta tua historia não e? fico feliz em saber que lutou muito para realizar seu grande sonho, acredito que o ser humano é movido a sonhos e quando PARA de sonhar realmente não fica mais neste mundo.

    sonhe sempre, acredite sempre este é meu lema.
    eu graças ao bom Deus, sempre tive otima saude e hoje aos 44 anos estou grávida de 7 meses e de forma natural vc sabe! apesar de alguns medicos me indicarem a fertilização.

    O que posso falar a todas as pessoas deste blog é que a nossa mente e alma é uma só, e quando em nossa alma existe o sonho, a vontade de vencer qualquer que seja a barreira, nada! nada! pode nos tirar de nossas realizações.

    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  13. Adriana, querida!
    Vou fazer um ultrassom tb. Tomara que não dê nada. Enfrentar outro Zoladex, não é fácil, não. O problma é que estou com dor do lado esquerdo, todos os dias, pela manhã e anoite. Hoje vou à fisio, vamos ver se tenho novidade!!
    Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Cris, Fiquei bastante emocionada, pois me identifiquei muito com a sua historia. Venho sofrendo muito com esta doença. Entrei no site exatamente para buscar referencias de especialistas e já tinha a intenção de procurar o Dr. Mauricio e depois que li sua história me sinto mais segura, pois até agora não consegui me identicar com nenhum dos que já procurei. Que Deus te ilumine sempre e a você também Carol. Parabéns pela iniciativa do blog, que com certeza vem ajudando muitas de nós! Cláudia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cláudia!
      Seja muito bem-vinda ao blog! Seu comentário se perdeu por aqui e só vi agora. Beijos com carinho!!

      Excluir
  15. Me senti nesta história. Chorei muito. Tudo que vc falou foi o que o Dr. Maurício me disse...Estou em um momento de pré cirurgia, muito segura com o Dr. Maurício, mas preocupada com questões profissionais, pessoais e financeiras... sem saber se poderei arcar com todas as despesas de uma cirurgia como essa, mesmo sabendo que não tem dinheiro que pague tudo isso. Fico feliz em saber que posso ainda ter um final feliz, mas ainda bem angustiada com todos os processo burocráticos de plano de saúde. Tenho Fé e sei que tudo se encaixará. agradeço pelo relato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Denise como vai?
      Seja muito bem-vinda ao blog! Neste momento, vc precisa descansar sua cabeça e seu corpo, e se preocupar apenas com seu pré-operatório. Eu sei que é muito difícil seguir isso que estou falando, mas tenha fé, minha querida. Sei que vamos ao fundo do poço, ficamos cheia de dívidas, que nos achamos gorda, inchada, mas tudo tem um propósito. Se quiser indicação de tratamento na rede pública, eu indico a UNIFESP, pois esta doença é capaz de nos falir por inteira. Com certeza venceremos mais esta batalha, que é oferecer um tratamento digno a todas às portadoras brasileiras. Estou à sua disposição. Beijos com carinho!!

      Excluir
    2. Denise, como foi todo o processo da cirurgia com o médico, com a clínica, com o plano de saúde? Estou na mesma situação q vc e assustada com td, ainda mais pq sou de outra cidade e tenho q viajar até SP (+ hotel, passagem...).

      Excluir
  16. Olá Caroline. Também tenho endometriose e entendo bem quando diz que a doenca pode nos falir por inteira. Todas nós buscamos qualidade de vida (controle da dor e dos sintomas) mas também buscamos nossos sonhos... Os filhos!! E quando esses itens estao em jogo, gastamos o que temos e o que nao temos. Vc disse que na rede pública, indica a Unifesp. Teve contato lá? O que achou?? Já fiz procedimento com dr. Maurício mas minha endometriose voltou em 2 anos e meio. Acredito na competência dele mas nao tenho condicoes de ficar bancando procedimentos a cada momento que a doenca volta... Gostaria de saber se a Unifesp se assemelha em capacidade, ao dr. Maurício. Obrigda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônima como vai?
      O ambulatório da Unifesp é um lugar maravilhoso. Realmente, tratar a endo particular é muito caro mesmo. Não caia nessa armadilha, principalmente, não caia na conversa de pessoas que só indicam médicos particulares. Eu sou contra! Não temos dinheiro, somos honestas e pagamos nossos impostos no dia. Eu fiz meu tratamento todo na Unifesp, menos a cirurgia, que fiz com o dr. Hélio, no Nipo, pelo meu convênio. A equipe da Unifesp é a melhor do mundo pra mim. Além de excelentes especialistas, eles são humanos, médicos de verdade, que sentem a nossa dor. Escreva para carolinesalazar7@gmail.com que lhe passo o tel. do ambulatório da Unifesp. Beijos com carinho!!

      Excluir
  17. oi Caroline eu gostaria de saber como conseguir o tratamento de graça por favor me manda o telefone da unifesp e o endereço muito obrigada meu mail alinesilveiraleite@HOTMAIL.COM BEIJOS ESPERO SUA RESPOSTA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Tudo bem?
      Envie um e-mail, por favor, para carolinesalazar7@gmail.com e solicite a Caroline os contatos da UNIFESP, pois por questão de segurança não postamos aqui no blog.

      Boa sorte!

      Beijos, com carinho
      Hosana Santana

      Excluir
  18. Oi, vou operar de miomas, cirurgia por via aberta, será que o Dr. Maurício Abrao também trata miomas? Estou com muito medo, quero um cirurgião bastante experiente. Quem tiver indicaçÕes, agradeço. Minha cirurgia será bastante complexa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi anônima!
      Como você está?
      Não sei informar se o Dr. Mauricio trata miomas. Você não perguntou a ele? Seria legal um diálogo aberto com seu médico antes da cirurgia, pois confiança no profissional é tudo. Já ouvi falar muito bem do Dr. Maurício, mas não conheço o trabalho dele. Aqui no blog nos indicamos o Dr. Hélio Sato, pois somos pacientes dele e conhecemos seu trabalho.

      Boa sorte na sua cirurgia!
      Que Deus á proteja sempre.

      Beijos, com carinho
      Hosana Santana

      Excluir
  19. Olá, Sou Vanessa de 32 anos, moro em são paulo, e depois desde dos 13 anos de idade até agora, decobri que sou portadora de endometriose, mas no momento estou sem plano de saúde, estou no particular mas não tenho condições por muito tempo de ir além finaceiramente com o tratamento principalmente se precisar de intervenção cirurgica pois uma videolaparoscopia é muito cara, e se fizer um convenio agora entrará como doença pré existente, então estou te enviando um e-mail para entrar em contato com a unifesp. Pois já não tenho mais vida normal, pois em época da menstruação fico de cama como estou nesse momento,a endometriose tem paralisado minha vida de uma forma muito ruim... Mas tenho esperança e Fé que tudo vai dar certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Águia!
      Tudo bem?
      A endometriose destrói as mulheres, deixa a maioria sem qualidade de vida nenhuma. Já passei por isso, hoje estou um pouco melhor, mas sei como é ficar de cama, e como é ruim ser portadora de endometriose.
      Por questão de segurança não são postado aqui no blog os contatos da UNIFESP, mas, por favor, solicite a Caroline por e-mail carolinesalazar7@gmail.com
      E caso queira contar sua história com a endometriose aqui no blog, na seção história das leitoras, e só enviar um e-mail para Caroline.

      Fique bem.
      E por favor, nos mantenha informadas do seu caso.

      Beijos, com carinho
      Hosana Santana

      Excluir
  20. Só queria me livrar dessas dores e viver outra vez...não sei como meu marido e filhos me suportam mais, todos os dias me queixo de uma dor muito, muito intensa. Perdi as esperanças...soube que Dr. Maurício não atende meu plano de saúde. Como sou de Salvador fica mais difícil ainda poder me tratar com ele. Boa sorte pra vcs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cleyb, como vai?
      Seja muito bem-vinda ao blog! Realmente é quase impossível para a maioria das portadoras brasileiras manter um tratamento particular. Qual é seu convênio? Eu indico em São Paulo o dr. Hélio Sato, que atende a consultas e opera por convênios no Hospital Nipo-Brasileiro. Para quem não tem, eu indico a Unifesp, também em São Paulo, que oferece o melhor tratamento público do país, ou seja, pelo SUS, para uma endomulher. Envie email pra mim querida, pois terei o maior prazer em ajudá-la a ter uma vida sem dores, a ser feliz novamente ao lado de seus maridos e de seus filhos. Só tenha calma, pois estou com muitos emails, mas respondo a todos um a um com muito carinho: carolinesalazar7@gmail.com Beijo com carinho! Caroline Salazar

      Excluir
  21. Olá!

    Caroline, vc retirou uma parte do intestino. Necessitou de colostomia?

    Eu estou tentando operar desde o ano passado pelo SUS. Ia operar em setembro e a médica achou focos da endo atrás do colo uterino. Pediu exames. Porém, só voltei com ela agora, e ela me falou que precisa que eu faça mais um exame, pois nos outros não conseguiu ver se há infiltração do lado de fora do intestino (dentro não tem, vimos na colono). Logo veio me falar que não quer me operar sem saber, pois se caso eu tiver, teria que haver um procto na sala de cirurgia e lá onde estou tratando não tem. Aí iria pro Hospital de Base (DF), só que lá eles dão prioridade a quem tem câncer de intestino (eu seria jogada sempre pra trás). Aff

    ResponderExcluir
  22. Cristiane, voce não faz ideia de como chorei lendo a minha historia atravez de sua historia, sou a Nete tenho 39 anos e há quase 3 anos descobri a endometriose, hoje voltei de uma consulta bem triste e cansada, pois a cada novo exame um resultado diferente, nesse ultimo descobri que a endo ja está tendo aderencias, inclusive no intestino, confesso que ja tive vontade de desistir, parar de correr atras.

    ResponderExcluir
  23. Fiz cirurgia de endometriose com o Dr Mauricio Simões Abrão em fev/14.
    Após a cirurgia, ele me falou da FIV e decidimos fazer, porém não gostei do atendimento dado a nós pela clínica INVIDA e nem pelo proprio Dr Mauricio Simões Abrão.
    Durante todo o processo da FIV, só vi o Dr Mauricio Simões Abrão uma vez, no primeiro dia, onde fechamos os valores.
    Depois que demos os cheques no primeiro dia, durante todo o processo, sempre que chegavamos a INVIDA eramos atendido por um estagiário ou residente, e eles nos informavam que o Dr Mauricio Simões Abrão estaria no dia da coleta e transferencia,
    Quando chegamos para a coleta dos óvulos, novamente fomos atendidos por estagiarios da clinica e não vimos o Dr Mauricio
    Tentavamos falar com ele, mas ele não retornava ligações ou email
    Na transferencia, quando chegamos ao hospital fomos avisados novamente que ele não estaria, e o médico que nos atendeu nunca havíamos visto.
    A FIV deu negativa, e ate hoje não conseguimos qualquer contato com o Dr Mauricio Simões Abrão.
    Nao recomendo, pois o tratamento é bem caro, e ele serve somente para chamar pacientes, pois depois que fechamos o contrato é a equipe dele de estagiários que faz todo o processo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônima!
      Infelizmente isso acontece muito! Em São Paulo, eu indico o doutor Hélio Sato, que não só atende suas pacientes, como faz todos os exames e procedimentos realizados na clínica de reprodução. Se quiser o contato dele entra em contato comigo pelo blog. Eu já estava preparando um post sobre isso e seu comentário me fez acelerar esse artigo. Gostaria de usar seu post no texto, para servir de alerta. Mas no post vou ocultar o nome do médico e da clínica, farei apenas referência como "médico famoso que aparece em reportagens de endo" e "médico ban ban ban". Tudo bem? Porque muitas pacientes vêem na fama dos médicos a solução para seus problemas. Muita fé e sei que vc vai conseguir engravidar. Beijo carinhoso!! Caroline Salazar

      Excluir
    2. Caroline, o dr. Hélio Sato ainda faz a vídeo laparoscopia através de convênios? Valéria

      Excluir
    3. Estou passando no Hospital 9 de Julho (SP), estou gostando bastante do atendimento e tudo mais. Lá existe os Centros de Referencia, para mulher tem a Clínica da Mulher com vários médicos ginecologistas especialistas em endometriose, videolaparoscopia, cirurgia robótica etc.
      Minha amiga passa numa gineco lá, disse que era muito boa, eu pesquisei bastante antes de decidir ir lá e não me arrependo, vale muito a pena, mesmo quem não tem convênio para consultas.
      Meu plano não entra nas consultas e exames, porém eu consigo desconto.

      Segue link http://www.h9j.com.br/centro-de-medicina-especializada/Paginas/centros-de-referencia/clinica-da-mulher.aspx

      Excluir
  24. Caroline Parabéns pelo blog!!

    Eu "cai de paraquedas" no seu blog, procurando no Google informações a respeito de endometrioma.
    Descobri recentemente que tenho endometrioma, desde então tenho procurado em vários lugares na internet sobre endometriose e afins e seu blog tem muitas informações esclarecedoras, informativas!
    Gostei bastante da parte das historias das leitoras!
    Ah identifiquei-me bastante com a parte desse texto que ela fala qdo perfil das mulheres com endometriose, muito eu! haha

    Parabéns!

    ResponderExcluir