segunda-feira, 14 de maio de 2012

MINHA CIRURGIA FOI MARCADA PARA O DIA 1° DE JUNHO!!

É com grande alegria que escrevo este post. De novo! A mesma frase! Sim, pois é este sentimento que nos toma quando marcamos nossa cirurgia para a retirada dos focos de endometriose e das aderências pélvicas. Será a minha segunda, em menos de dois anos! Como sempre digo por aqui, sou uma pessoa privilegiada por ter condições de ter um bom convênio médico. Após passar no ambulatório de endometriose da Unifesp, para ouvir do dr. Eduardo Schor o que eu deveria fazer, passar com o dr. Nucelio Lemos, do ambulatório de neuropelveologia, também da Unifesp, marquei minha cirurgia com o dr. Hélio Sato, outro mestre da Unifesp, para o dia 1° de junho, às 16h, no Hospital Nipo-Brasileiro. Agradeço muito a Deus por existir um grande especialista em endo, que atende ao meu convênio e, à minha família, por me dar a oportunidade de ter um bom convênio. Com isso, eu não dependo do SUS (Sistema Único de Saúde) para realizar exames e cirurgias. Felizmente temos no Brasil, um dos melhores lugares do mundo (se não for o melhor), para tratar a mulher com endometriose, o ambulatório de algia pélvica e endometriose da Unifesp. Mas, infelizmente, por ser um local público, que depende da burocracia SUS, esta eficiência se torna ineficaz quando se trata de marcar exames e cirurgias. E é por desejar um país melhor a todos e, em especial, à todas as mulheres, que o A Endometriose e Eu existe.

O blog nasceu para chamar atenção de nossos governantes sobre uma doença terrível que atinge de 10 a 15 milhões de brasileiras, para que o governo reconheça esta doença e, consequentemente, às mulheres que são acometidas por ela e, que, não tiveram a mesma oportunidade do que eu: ter uma saúde paga. Porque no Brasil, só quem paga é que pode ter alguma coisa, seja um bem material ou até mesmo saúde e educação. A meu ver, saúde e educação são o mínimo que devemos exigir de nossos políticos. Ou melhor, era o mínimo que o governo brasileiro deveria nos oferecer. É um dever de todos. Afinal, somos nós, cidadãos que pagamos impostos altíssimos todos os meses. Voltando à minha cirurgia, aproveitando que estarei sob efeito da anestesia geral, o dr. Hélio sugeriu que eu colocasse o Diu Mirena. Como estou sem trabalhar, fui bem clara, se o meu convênio cobrir, eu coloco, sim. Até porque sei que todos os tratamentos oferecidos a nós, ainda é um teste. No artigo que escrevi sobre o Mirena (bem antes de saber que eu poderia colocá-lo), só tive opiniões positivas das leitoras. Agora, se o convênio não cobrir, infelizmente, não terei condições financeiras de colocar. Mesmo sendo abençoada por ter nascido numa família privilegiada, que me dá aquilo que deveria ser oferecido pelo governo, saúde e educação, eu não sou rica. Se tivesse trabalhando, ok, eu teria condições de pagar, mas como a endo avançou, tive de parar e só voltarei após minha reabilitação pós-cirúrgica. Vamos torcer para o convênio cobrir, já que foi sugerido para contracepção mesmo. Sabe o que eu fiquei passada: foi ouvir do dr. Hélio e do dr. Schor que, mesmo comprovando a eficácia do Mirena no combate à endo, os convênios negam. Eu odeio a burrice humana. Será que os convênios preferem pagar cirurgias anuais, que, muitas vezes precisam de uma equipe médica multidisciplinar, anestesitas, dentre outros, do que pagar um DIU que dura até cinco anos? Eu não concordo com a ignorância de nosso sistema! Se eu não colocar o Mirena é bem provável que precisarei de uma outra cirurgia, em menos de dois anos de novo! Até quando a ignorância e a burrice vão imperar no Brasil? Beijos com carinho!!

44 comentários:

  1. Caroline, que bom que voce tem convenio porque eu tinha convenio e devido a endometriose hj nao trabalho e dependo do sus!! Ja usei zoladex durante 6 meses e agora sofro calada minhas dores porque pelo sus me disseram que devo aguardar na fila da cirurgia uns 4 anos!!
    Bjos e boa sorte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Anônima,
      Tudo bem com vc? Se vc precisar de ajuda, estou à sua disposição. Eu sei que faço parte de pequena porção privilegiada da população, mas estamos tentando mudar isso, ok. Não adianta termos ótimos ambulatórios públicos, se o SUS não funciona. Beijos com carinho!!

      Excluir
  2. Caroline, seu plano cobriu tudo da cirurgia ou apenas a parte hospitalar? Porque todos médicos que eu fui não fazem mais cirurgia pelo plano, temos que pagar a parte médica por fora, com o plano fica com a parte hospitalar.
    No seu caso também foi assim?
    Beijos minha querida e boa sorte
    Danielle

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Danielle!
      Tudo bem com vc? Meu plano cobriu tudo, sim, mas porque o dr. Hélio Sato é conveniado. Ele atende a convênios no Hospital Nipo-Brasileiro. Se vc precisar de ajuda, se quiser o tel. de lá, envie e-mail para carolinesalazar7@gmail.com É um absurdo isso, os médicos atenderem consultas por convênios, mas cobrarem por cirurgias. Ou atende tudo ou não, né. Beijos com carinho!!

      Excluir
  3. Oi, Caroline! Puxa, me diz como você conseguiu passar pelo plano de saúde com o Dr. Sato? Eu liguei lá e ele não atende convênio nenhum, a consulta, é um absurdo de cara! E ele cobra a cirurgia a parte! Eu pensei que vc fizesse todo seu tratamento na Unifesp, tanto que fiquei animada para ir lá, mas vejo que para fazer cirurgia, só pagando mesmo! Todos os médicos cobram, e agora vejo que até vc também faz no particular, né? Juro que eu pensei que você fosse operar no SUS, na Unifesp! Acho que entendi errado quando você posta no blog que o tratamento lá é gratuito, acredito que o ideal é mesmo buscar profissionais bons que possa nos ajudar na hora de pagar pela cirurgia, né?
    Sorte sua ter plano de saúde caro! Eu tenho um plano básico, mas conheci uma indicação de médico em outro grupo, e ele vai me ajudar com a cirurgia, foi bem sincero comigo, eu gostei muito. Boa sorte prá vc! Gabrielle

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Gabrielle,
      Tudo bem com vc? Peço a gentileza de enviar e-mail para carolinesalazar7@gmail.com, que lhe passo o tel. do Nipo, ok. Por questão de segurança, eu não deixo nenhum tel. aqui. No Nipo, ele atende, mas no consultório particular dele, acho que não. Ele opera pelo plano também, só não sei se todos os planos, mas se o hospital aceitar, ele deve aceitar tb. Vc pode ir à Unifesp tb, eu lhe passo os dois telefones, ok. Eu não opero na Unifesp por dois motivos: para não tirar a oportunidade de cirurgias de quem não tem plano e também porque a cirurgia pelo SUS pode ser demorada. O tratamento da Unifesp é gratuito e, para mim, o melhor do mundo, com médicos humanos, éticos, carinhosos, maravilhosos. Se vc quiser ajuda, estou à sua disposição. A cirurgia de endo é séria e não pode ser com qualquer médico. Beijos com carinho!!

      Excluir
  4. Boa sorte, Caroline, mas também pensei que você fosse operar na UNIFESP, já que fala muito bem de lá e é um dos melhores locais do Brasil que atende pelo SUS.
    Infelizmente, para operar endometriose tem que meter a mão no bolso mesmo, porque bons médicos não fazem pelo plano ou então temos que ficar um bom tempo na fila do SUS. Quem consegue pagar, ótimo mas quem não consegue sofre mesmo esperando!!
    Fiz a minha mês passado com um médico muito bom aqui em SP, que foi muito ético e bondoso. Tive a sorte que muitas não têm também!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anônima,
      Tudo bem com vc? Obrigada por seu carinho!! Como falei no comentário acima, o tratamento da Unifesp é gratuito e, para mim, o melhor do mundo, com médicos humanos, éticos, carinhosos, ou seja, maravilhosos. Só que não posso tirar a oportunidade de cirurgias de quem não tem plano de saúde e também a cirurgia lá pode demorar. É do SUS e sabemos muito bem como é depender da saúde pública no Brasil. Estou tentando mudar esta dura realidade. Fico feliz que vc encontrou um médico bom e bondoso. Isso é raro. Eu sei que o dr. Hélio Sato é assim, porque tenho leitoras que já operou com ele no particular. Se precisar de ajuda, estou à sua disposição. Beijos com carinho!!

      Excluir
    2. Olá, Camila, meu médico é o dr. Hélio Sato. Eu faço tudo com ele pelo meu convênio, o SulAmérica, e não pago nenhum centavo. Eu estou bem graças a ele e suas mãos abençoadas por Deus.No seu caso, o problema é que seu convênio não deve cobrir o hospital, por isso esse preço, porque o custo da cirurgia com o dr. Hélio não é tudo isso, se fosse só a parte dele. Por isso é muito importante escolher o o convênio médico. Sempre optar por seguro saúde e não por planos de saúde. Eu também indico a Unifesp, que trata pelo SUS, mas é preciso ter paciência para esperar, já que a fila está grande. Para este contato escreva para carolinesalazar7@gmail.com com o título Unifesp. Beijo carinhoso!! Caroline Salazar

      Excluir
  5. Dá sim para se tratar e se operar pelo SUS na Unifesp sem precisar ficar anos na fila. Na primeira consulta no ambulatório de Algia Pélvica saí com minha cirurgia marcada para 4 meses depois. E só foi esse tempo todo, porque na época os funcionários estavam de greve e somente as cirurgias de pacientes com câncer estavam sendo liberadas.
    Nesse meio tempo fiz TODOS os exames GRATUITAMENTE na Unifesp. Desde hemograma até ressonância.
    Vale muito a pena ir até lá e se tratar. A cirurgia correu tudo bem, a enfermaria do Hospital São Paulo é ótima. São dois leitos por quarto e os leitos são separados por uma cortina. Todos nos tratam com muito carinho. Minha endometriose era profunda e fiquei internada por 6 dias e TUDO correu muito bem. Não desistam, tratamento gratuito vale a pena sim. Eu sou a prova disso. Operei há seis meses atrás.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anônima,
      Tudo bem com vc? Fico muito feliz que conseguiu rápido sua cirurgia. Acho que tudo depende da época. Sempre tem greve ou equipamento quebrado, que dificulta um pouco. Porém, concordo com vc de que o ambulatório de algia pélvica e endometriose da Unifesp tem o melhor atendimento e, para mim, é o melhor do mundo, viu, agora que lá tem o único ambulatório do Brasil que investiga a endo nos nervos pélvicos. Eu sou fã deles, por isso, eu indico. Obrigada por comprovar tudo aquilo que eu já sabia. Beijos com carinho!!

      Excluir
    2. como faz para conseguir uma consulta na unifesp??

      Excluir
  6. Amiga do comentário de cima:
    Sua cirurgia na Unifesp foi por videolaparoscopia ou aberta?
    Eu não entendo porquê para algumas pessoas é tão fácil, e para outras tão difícil!

    ResponderExcluir
  7. Respondendo à dúvida da amiga do comentário de cima:
    Minha cirurgia começaria por vídeo e depois seria aberta para fazer a retirada do pedaço do intestino comprometido pela endometriose.Mas por vídeo eles conseguiram retirar os focos intestinais sem precisar cortá-lo. Mas fui assistida por uma equipe de cirurgiões. Fui muito bem amparada.
    Não é que para algumas pessoas é mais fácil e para outras mais difícil, temos que correr atrás.
    Vejo no ambulatório de Algia Pélvica muitas pessoas que não vão às consultas marcadas, não vão às sessões de fisioterapia. Temos que acima de tudo acreditar e ir atrás, nada cai do céu.
    A endometriose é complicada em todos os sentidos, mas temos que apesar da dor que ela nos causa, irmos atrás de alguém que nos ajude a aliviar nossas dores e entrar de cabeça no tratamento. Eu ia às consultas amparada por meu marido, pois mal conseguia andar. E ia de ônibus e metrô. A Unifesp é o lugar certo para termos um bom tratamento e o mais importante:ALÍVIO DAS DORES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por responder às dúvidas de nossa amiga! Toda a equipe da Unifesp é ótima e incrível e sua cirurgia é a prova disso. E vc está certíssima, eu também vi por lá muitas mulheres desistirem, em especial, das sessões de fisioterapia. Temos de acreditar e ir atrás. Concordo com você. Fico feliz que você tem um marido companheiro. Como não sou casada, eu vou sozinha mesmo. Quer dizer, eu e Deus! Volte sempre para me ajudar a responder aos comentários sobre a Unifesp, ok. Beijos com carinho!!

      Excluir
  8. Entendi! Obrigada por responder. Mas, sabe que eu corri atrás sim, amiga! Muitas correm atrás, mas umas conseguem e outras não. Sei que tem meninas que não vão nas consultas. Tb acho um absurdo, isto. Mas, não são todas assim não! Eu corro atrás e nem por isto consegui ser operada lá. E tenho algumas amigas na mesma situação, em outros hospitais, como o Pérola Bynton. Acho que eles operam quem eles acham mais interessante o caso para estudo, ou coisa parecida. Já que são alunos aprendendo, né? Infelizmente, não é só correr atrás não, tem que ter sorte tb! Como eu falei, é fácil para umas e difícil para outras. Não acho que todas tem o mesmo atendimento. Infelizmente não é desta forma! Seria muito bom se fosse! Daí ninguém teria plano de saúde, ne? E até mesmo a Caroline poderia ser operada lá tb! Fico muito feliz por vc ter conseguido, já é uma esperança para muitas que estão aguardando! Beijo e boa sorte no seu tratamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, querida, Anônima,
      Se precisar de ajuda quanto ao telefone da Unifesp, por favor, me envie e-mail que lhe passo. Felizmente, São Paulo tem uns 3 ou 4 centros públicos especializados em endo, mas o problema é que o sistema de saúde pública, o SUS, não funciona. O pior é que esta situação não muda nunca. Eu não acredito é que nenhum político percebeu isto ainda. A partir de agora, eu só irei votar naquele que abraçar a nossa causa. E sabe o que é pior ainda, é que nenhum político quer fazê-lo funcionar. Caso contrário, alguém já teria feito. Tantos passaram pelo poder e, a cada ano, a situação só piora. Outro dia fui com um amigo no PS da Santa Casa, que horror! É lotado e um descaso danado! Não tinha nem onde sentar, de tão cheio de gente. E olha que lá tem muitas cadeiras. Estou tentando mudar esta realidade para as portadoras de endo e conto com seu apoio. Beijos com carinho!!

      Excluir
  9. Olá!!!!
    Conheci o blog a pouco tempo, mas adorei tudo nele... Principalmente o fato de divulgar e incentivar cada vez mais pessoas a buscarem informações sobre a endo.
    Pois tenho 30 anos e só fui diagnosticada em 10/11, mas tenho certeza q ela me acompanha desde a menarca. Mas como minhas dores melhoraram muito com o uso de AC(uso desde os 14 anos) nenhum medico anterior investigou. O que só aconteceu quando parei o AC para engravidar e nada aconteceu. A principio me falaram q para engravidar só com FIV, cheguei a ir na clinica de fertilização, mas resolvi buscar uma 3°opinião. Foi ai que encontrei o Dr Silvio Alex, ele é otimo, me passou muita confiança e humanidade, já estou fazendo os exames do risco cirurgico e em meados de junho faço a video. To muito ansiosa, mas na esperança de q tudo vai dar certo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thaila,
      Tudo bem com vc? Graças a Deus, vc encontrou um bom médico e, acima de tudo, humano. Fico muito feliz por isso. Vc é de onde? Ele atende planos de saúde? Tenha fé que tudo dará certo, minha querida e, em breve, v terá seu filho em seus braços. Vc fez muito em seguir sua intuição ao buscar outra opinião. Infelizmente, muitos já optam pela FIV para encher o bolso. Sua cirurgia será um sucesso. Vc já está em minhas orações! Mande notícias!! Beijos com carinho!!

      Excluir
    2. Olá,
      Obrigada pelo carinho....
      Sou do Rio de Janeiro e o DR Silvio me atende pela Unimed e acho q aceita Golden Cross, mas ñ sei se aceita outros (tel do consultório: 2486-3123), ele atende na Barra e no Centro.
      Porem vou operar pelo Bradesco (reembolso).
      Bjs

      Excluir
  10. Oi Carol ... pesquisando sobre Endometriose na internet encontrei seu blog, estou adorando, não consigo parar de ler. Parabéns!!!

    Descobri a endometriose no mês passado. Diferente da grande maioria, eu não sentia dores, tinha TPM normal, um pouco de cólica, enxaqueca, fluxo normal. Frequentava anualmente o ginecologista mas já faziam uns dois anos que não realizava um ultrassom. Mês passado senti uma cólica muito forte, mal estar, enjôo e dificuldade para andar. Fui para o hospital e através de um umtrassom detectaram que um cisto havia estourado e que eu precisava de uma cirurgia com urgência. Passei por uma videolaparoscopia onde foi detectado (e confirmado pela biopsia) que se tratava de um endometrioma, e que infelizmente eu era portadora de endometriose severa. Há uma semana iniciei o tratamento com Zoladex 3,6 (durante 6 meses) Por enquanto ainda não tive nenhum efeito colateral, mas estou preparada para o que der e vier. Apesar de todo sofrimento, me sinto uma privilegiada, pois tenho um plano de saúde ótimo, a empresa do meu marido paga 80% dos medicamentos, tenho amigos e uma família maravilhosa que estão me acompanhando me apoiando em todo este processo, sem falar do meu marido, até me faltam palavras para descrever tamanha sensibilidade, carinho e amor em relação a mim e esta nova realidade que estamos vivendo. Agradeço á Deus por tudo isto, e peço que me dê forçcas para superar este tratamento e realizar meu grnde sonho de ser MÃE.

    ps.: Gostaria de saber de algum caso como o meu, onde a endo atacou de forma silenciosa, sem dores ou qualquer outro sintoma??

    Bjos e Boa sorte para todas!!
    Gabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi sobre o post acima esqueci de falar que minha endometriose e ovariana, na video foi retirado um pedacinho do ovario.

      Excluir
    2. Oie, Gabriela,
      Tudo bem com vc? Seja muito bem-vinda ao blog. Fico muito que está gostando de ler o que escrevo. Faço tudo com muito amor e carinho. Pois é, infelizmente, mesmo indo anualmente ao gineco, muitas vezes somos pegos de surpresa com esta doença. Eu ia todo ano também, sempre falei de minhas dores, fazia ultrassom e, mesmo assim, nada. Cerca de 20 a 30% dos casos de endo é assintomático. Ainda bem que vc descobriu a tempo, pois muitas assintomáticas só descobrem quando já se tornaram inférteis. Eu tive um endometrioma (endo nos ovários), aos 15 anos. Este cisto no ovário, que era o que o médico dizia que eu tinha, voltou mais algumas vezes e nunca foi cogitada a possibilidade de endometriose. Mesmo morrendo de cólicas e dores nas pernas. Para mim, a cólica acompanhada de dores nas pernas, enjoo, tonturas e muito mal-estar é o sinal de endo. Porém, e quem não sente nada? Sinceramente, eu no sei se é melhor sentir dor ou ser pega de surpresa pela endo? Vc é muito privilegiada mesmo, Gabi. Primeiro, por não sentir dores, o que de fato afeta ainda mais nosso corpo, nossa cabeça, nossa convivência e toda a nossa vida. Depois, por ter o apoio não só de seu marido, mas de toda sua família e de seus amigos também, pois estes dois últimos são os mais difíceis de entenderem mesmo a nossa situação, ou melhor, condição, já que a doença ainda não tem cura. E vc tb é privilegiada, por ter um plano de saúde ótimo e, ainda, ajuda com seus medicamentos, já que o Zoladex, por exemplo, é muito caro. Eu tomei o 10,8, que sai por cerca de 2 mil reais. E vc é mais abençoada ainda por ter um marido que lhe apoie, pois poucos são aqueles que aguentam este barco. Ele não é o único, mas muitos caem fora rapidamente. Se vc quiser contar toda sua história, é só me enviá-la por e-mail, pois assim podemos alertar as assintomáticas, algo que me preocupa muito. Beijos com carinho!!

      Excluir
    3. Obrigada pelo retorno Carol. É lindo o trabalho que você faz aqui no blog. Muito bom saber que temos com quem compartilhar nossas dúvidas e esperanças. Já te mandei um e-mail, mas vou te mandar outro te contando minha história de forma mais detalhada. Quero muito contribuir no alerta ás assintomáticas como eu.
      Bjão e Fica com Deus!

      Excluir
  11. Ola meninas! também estou passando pelo mesmo drama de não achar médico que me opere pelo plano...eles podem até trabalhar no hospital, mas pelo o que eu entendi, se nos consultarmos com eles no consultório particular deles, teremos que pagar os honorários médicos a parte =( eu até pagaria se valer a pena e tudo mais, mas não tenho idéia do quanto sairia para realizar a videolaparoscopia..deve sair mto caro pagar honorários da equipe inteira! estou totalmente perdida... Dr Helio só tem agenda no Nipo para agosto neste momento! e no consultório particular tem data bem próxima...se eu for no ambulatório do Nipo o plano cobre tudo de tudo?

    Aguardo uma resposta!

    Boa sorte para todas nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anônima,
      Tudo bem com vc? Infelizmente, são poucos e bons especialistas que atendem a convênios. Como ele é o único que confio, pois sei que é bom e não vai fazer "merda" em ninguém, a agenda dele está muito cheia mesmo. Porque pior do que já nos encontramos, é ir a um médico que vai operar vc de forma errada. Peço a gentileza de me enviar e-mail para carolinesalazar7@gmail.com, que lhe passo o tel. da Unifesp. Eu imagino que vc esteja com muita dor e, por isso, para nós, é quase impossível esperar três meses por uma consulta. Me envie e-mail que vou lhe ajudar. Beijos com carinho!!

      Excluir
  12. Bom Dia meninas! Acabei de ter alta cirúrgica há 20 dias. Fiz Endometriose e a minha era profunda, Graças a Deus, foi apenas raspagem, embora ja estivesse quase a nivel 4. Infelizmente minha medica não aceita convenio, então tive que arcar com a cirurgia, o convenio cobriu o hospital e o anestesista. Mas ela ajuda bastante no pagamento. Confesso que o pré operatório foi pior que o pós... pois tive que preparar o intestino, fora que o desgaste emocional era grande, pois os exames sempre exigiam preparo. Em 15 dias pós operatório, ja estava batendo perna pra todos os lados de SP. e no primeiro ciclo nada de dor, nada de dor nas relações, meu marido ficou mais feliz! rsrs Enfim, continuo em tratamento da Endo, mas acredito que logo estarei livre dessa "praga". Abraço e boa sorte a todas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi anônima!
      Espero que esteja tudo bem com você.
      Quase sempre antes da cirurgia é pior, principalmente por causa do medo e ansiedade. O preparo intestinal é só um detalhe chato que alguma mulheres precisam fazer, mas faz parte para uma boa avaliação na hora cirurgia.
      Bom saber que sua recuperação foi boa e que você já está batendo perna pela cidade, que não sente nenhum desconforto. Espero que fique sempre assim, bem!

      Caso queira contar sua história com a endometriose no blog, na seção história das leitoras, escreva um e-mail para carolinesalazar7@gmail.com

      Fique bem.

      Beijos, com carinho
      Hosana Santana

      Excluir
    2. Olá anônimo, gostaria de saber o nome da medica que lhe operou, pois estou atras de um medico que opere endometriose profunda. meu email é eliana.mont@hotmail.com.

      Excluir
  13. Oi Carol!

    Parabéns pelo blog e principalmente pela iniciativa de disseminar a informação sobre a endo, pq só quem tem sabe o que é!!
    Sou de Porto Alegre e descobri que tenho a endo profunda em fevereiro deste ano, pois estava tentando engravidar já fazia 1 ano e nada. Já fiz vários exames e hoje fiquei sabendo que o meu plano não cobre a cirurgia. Tenho o Golden Essencial, ele cobriu todos os exames até agora, mas a médica disse que o plano só cobriria a parte hospitalar e o material usado e eu teria que arcar com os custos médicos. Você sabe de algum lugar por aqui que faça um trabalho parecido como o da Unifesp?? Pq pelo o q já andei lendo o tto cirurgico pelo SUS é bem demorado.
    Obrigada!
    Beijos e até mais!!
    Luciana

    ResponderExcluir
  14. Alguem conhece algum médico que faça a videolaparoscopia pela Unimed?????? alguem pode me informar se Dr. Silvio RJ faz a cirurgia pelo plano??????

    ResponderExcluir
  15. O Dr. Silvio faz cirurgia pelo plano sim.
    Eu ainda não fiz uma consulta com ele mas a secretária dele me passou o numero do celular dele e conversamos pelo telefone. Mesmo sem nenhuma obrigação comigo, ele me atendeu muuuito bem e foi super atencioso perguntando todo o meu histórico e vou marcar uma consulta com ele.
    O Dr. Claudio Crispi foi quem me diagnosticou mas infelizmente vejo que ele está levando nossa doença pro lado comercial =/. Ele me cobrou 35 mil por uma cirurgia sendo que o plano cobriria internação, materiais, etc...
    O número para marcar consultas é o (21) 2297-4184

    Eu já recomendo antes da minha consulta, tenho certeza que vai dar tudo certo pra todas nós!!!

    ResponderExcluir
  16. Alguém pode me indicar um cirurgião que aceite algum plano, amil ou unimed, para compor junta médica numa cirurgia de reconstrução de transito intestinal ou apenas avaliar exames, questão de segurança já que tive 8 cirurgias e em tese não tenho mais endometriose. sou do rio de janeiro mas vou até outro estado se valer a pena.

    ResponderExcluir
  17. oi vc pode me passar o endereço do SUS na Unifesp

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    Estou em pânico, estou na emergência desde 5 feita, pois parece que um cisto de 7cm virou um de 3cm, estou com custos em ambos os ovários, descobri endometriose em janeiro deste ano ao fazer uma cirurgia de apêndice, o médico cauterizou os focos visíveis, em julho coloquei o DIU Mirena, e apareceram dois cistos em ambos os ovários, estou em sangramento sem saber se realmente estourou o custo ou se é menstruação. Todos os médicos viajando e não tenho medico especialista pra me orientar e operar. Podem me ajudar? Todos os médicos que tiverem o contato aqui no Rio. Muitíssimo obrigada! alessandralima.jj@gmail.com

    ResponderExcluir
  19. Olá meninas, alguém já operou com o Dr. Mario Barros da Clinica Hysteron ? Saberiam me informar algum médico que faça laparoscopia pela Unimed ? Moro no RJ...
    Obrigada, agradeço desde já pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, operei com a Dr.Mariana e Dr.Mário Barros da Clinica Hysteron, minha cirurgia foi um sucesso, conseguiram limpar tudo e eliminar toda endometriose, são médicos nota 1000,depois de 5 anos de investigação, passei por vários médicos mais nenhum deles descobriram minha endometriose, muito sofrimento com cólicas, dores de cabeça absurdas, mais infelizmente é isso, nem sempre a gente encontra bons profissionais. Digo, que endometriose não é para qualquer ginecologista. Por isso indico eles de olhos fechados. Grazi, se você tiver que fazer, faça mais com eles. Boa sorte!! Qualquer dúvida, estou por aqui.

      Excluir
  20. boa tarde,queria saber se alguém conhece algum medico aqui em Brasilia que faz cirurgia de endometriose pelo convenio porque ta muito difícil de achar.

    ResponderExcluir
  21. Karinasou do rio de janeiro .Eu queria operar pelo SUS fui lá em dezembro do ano passado dei entrada eles mandaram espera em casa mas já tem 6meses e ainda to esperando não aguento mas de tanta dor eu descobri esse cisto em 2013 já estamos em 2015 .ele só ta crescendo ,o que eu faço to desesperada ?

    ResponderExcluir
  22. Boa noite!! Fiz a videolaparoscopia de endometriose dia 04/8/15 no Hospital Nipo Brasileiro, como foi difícil descobrir que eu tinha isso, permaneco em recuperação, operei com o Dr Teiichi, ótimo profissional, mas, TB tive que brigar no meu convênio, pois não queriam liberar, sendo que os convênios são obrigados a fazer pois está no Rol dos procedimento

    ResponderExcluir
  23. Boa noite!! Fiz a videolaparoscopia de endometriose dia 04/8/15 no Hospital Nipo Brasileiro, como foi difícil descobrir que eu tinha isso, permaneco em recuperação, operei com o Dr Teiichi, ótimo profissional, mas, TB tive que brigar no meu convênio, pois não queriam liberar, sendo que os convênios são obrigados a fazer pois está no Rol dos procedimento

    ResponderExcluir
  24. Olá

    Tenho uma dúvida, tenho endometriose nas trompas, e minha médica indicou uma laparoscopia, porém ela não faz pelo plano.

    Liguei no Hospital Nipo Brasileiro e o Dr. Hélio Sato só tem consultas para fevereiro.

    Sabe me dizer se eu passando por uma consulta particular em seu consultório, ele faz minha cirurgia pelo Sulamerica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliana!! Tudo bem? Conseguiu fazer sua cirurgia pelo convenio? Se sim com qual médico por favor? Obrigada. At. Patrícia

      Excluir