sexta-feira, 14 de outubro de 2011

AGRADECIMENTOS!!

Obrigada a todos que votaram no A Endometriose e Eu no Prêmio Top Blog Brasil 2011. Muitos amigos ajudaram divulgando-o em seus facebooks. Obrigada a todos, em especial, pessoas que conheci há pouco, mas que se empenharam, como as queridas Mônica Martins, Meire Rebeche e Marli Miler. Agradeço também as minhas amigas Sueli Ferreira e Marcinha Pereira, que sempre divulgam o blog e passam por aqui para dar uma força. Enfim, são tantos amigos que não vou me lembrar de todos, mas quero que todos se sintam abraçados. Obrigada a todos, de coração! A lista dos 100 blogs mais votados, que estarão no segundo turno, será conhecida no próximo dia 21 de outubro. No dia 22, já começa o segundo turno. Já estou com os dedos cruzados. Afinal, em menos de três semanas de inscrição, o A Endometriose e Eu já figurava entre os 30 mais lidos da área de saúde. Eu juro que não esperava por isso. Mas quando se faz algo com amor, com doação e de verdade, sem esperar nada em troca, o reconhecimento vem logo. Porque isso vem de Deus e sei que nada é por acaso. O A Endometriose e Eu é o único blog social no Brasil que, além de retratar o dia a dia de uma portadora, seus medos e todas as dificuldades que a doença nos traz, dá voz outras mulheres, cobra das autoridades o reconhecimento como uma doença social, como na Europa. Não se deixe enganar com blogs imitações. É o único com comentário aberto, onde todos os seguidores podem trocar figurinhas, responder comentários e conversar entre si, sem a minha intermediação. Além disso, indico tratamento especializado da EPM-UNIFESP (Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo), do SUS, em São Paulo. Não se deixe enganar por quem só indica médicos especialistas particulares. O bom e humano ginecologista, que sabe da gravidade desta doença, não trata apenas por dinheiro. Pense nisso! Beijos com carinho!!

9 comentários:

  1. OI QUERIDA
    SOU BLOGUEIRA UNIDA DE Nº157, E ESTOU CONHECENDO AOS POUCOS NOSSAS PARCEIRAS.
    ADOREI TE CONHECER, PARABÉNS PELO SEU BLOG E PELA BRILHANTE INICIATIVA,ESTOU TORCENDO MUITO POR VC, JÁ VIREI FÃ.
    VENHA ME CONHECER SERÁ UMA HONRRA.
    BJOS.
    MAGALI PORTELLA

    ResponderExcluir
  2. Excelente a temática do seu blog!!Parabéns!!
    Passando para conhecer e seguir as amigas do Blogueiras Unidas que também participo!!Bjsss
    http://rumoslibertadores.blogspot.com – 494

    http://zildasantiago.blogspot.com - 493

    http://carinhossorteiosetcetal.blogspot.com - 955

    ResponderExcluir
  3. nossa que blog original!

    gostei muito!

    seguindo!
    bjos

    http://floresmaquiadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Magali como vai?
    Fico muito feliz que gostou do blog. Seja muito bem-vinda! Ele é o alicerce para os momentos difíceis que vivo. Quando você pensa que está tudo certo, vem um vendaval e bagunça tudo de novo. Assim que voltar de viagem vou conhecer e adicionar o seu blog. Se puder me ajudar na divulgação do blog será bacana, pois 10 milhões de brasileiras têm endo, mas a maioria ainda não sabe. Eu fiz o blog para ajudar essas pessoas, pois descobri que essa é a minha grande missão aqui na Terra. Apesar de ser uma doeñça triste, tento dar carinho, esperança e luz do fim do túnel para as portadoras. Mas o principal é indicar médicos especialistas que não sejam exploradores de doentes. Por isso, indico a UNIFESP, que é do SUS. Fiquei até emocionada com suas palavras. Obrigada por seu carinho!! Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Zilda como vai?
    Seja muito bem-vinda ao blog. O A Endometriose e Eu é um blog social, onde indico médicos especialistas, e ajudo também com conselhos e relatando tudo o que enfrentei todos os meus sofrimentos, tratamento para enfrentar a endo. Infelizmente, é uma doença grave e desconhecida da população, de muitos ginecologistas e de nossos governantes. Se você puder me ajudar na divulgação, com certeza você vai se deparar com alguma portadora em sua lista de contatos. Vou conhecer também os seus blogs. Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir
  6. Muito legal a iniciativa do blog, fica um alerta para todas as mulheres!! Parabéns!! Vim visitar o seu blog através do Blogueiras Unidas e amei!!! Já to seguindo!! Fique a vontade para visitar o meu tb! Beijos e sucesso na sua jornada!!!


    www.redequinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oie, Renata como vai?
    Ler palavras tão carinhosas de quem não é portadora da doença é muito gratificante. O seu 'amei', realmente, me levou às lágrimas. A nossa luta é muito dura, pois quero que a doença seja conhecida de nossos governantes. Seja muito bem-vinda ao blog! Com certeza irei conhecer o seu! E se quiser divulgá-lo às suas amigas, fique à vontade. Tenho certeza que, pelo menos uma ou duas, têm a doença. Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Elaine como vai?
    Obrigada por seu carinho!! Seja muito bem-vinda ao blog!! Como eu amo maquiagem pode ter certeza que irei visitá-la, sim. Só preciso colocar as respostas dos comentários em dia! Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir
  9. Rosilene Corrêa Alves29 de julho de 2013 17:48

    Olá sou uma portadora da síndrome da endometriose, tenho 44 anos sou de Blumenau Santa Catarina, sou casada e tenho uma filha, fui submetida á uma cirurgia de emergência para retirada do útero e dos dois ovários devido ao cisto em cada um, pois o ovário esquerdo estava com um cisto bem grande e o outro o direito com um pequeno.
    Tudo começou com dor forte no abdômen (barriga) onde fui parar no hospital, e em seguida encaminhada em minha ginecologista, para realizar a cirurgia, aí que começou a minha luta, foi feita a cirurgia aberta, pois precisaria retirar o útero e os dois ovários, e também não queria mais engravidar ao me abrir a surpresa meu útero estava grudado no intestino, na bexiga, e em outros órgãos, não consegui tirar o útero pois se tirasse, precisaria tirar um pedaço do meu intestino, foi optado pela medica em deixar o útero e preservar meu intestino, devido eu estar na menopausa, foi só tirado o ovário esquerdo pois o cisto era muito grande.
    Quando eu acordei após a cirurgia a minha medica veio conversar comigo, junto com meu marido e minha irmã, não vou esquecer nunca, a doutora conversou me explicando tudo o que estava acontecendo comigo, falou que eu tenho endometriose grau 4 fora do aparelho reprodutor com múltiplas aderências, que os órgãos estão grudado e o que ela conseguiu fazer ela fez para eu ter uma qualidade de vida melhor, disse também que o foco da endometriose ela tirou mais minhas aderências são muitas e eu vou ter que conviver com elas, por um longo período.
    No momento não fiquei muito preocupada pois aparentemente estava sem dores devido a cirurgia, o meu pôs operatório foi perfeito sem dores e muito bem, a minha medica receitou o Allurene, e remédios para dores que são (Gabapentina 300mg), (anpicilina 2mg) e para dores intensas (Toragesic 20mg), que tomo até hoje. Passando um mês após cirurgia começou meu tormento minhas dores são frequentes e insuportáveis não consigo fazer meu afazeres de casa, não posso pegar peso, não estou mais aguentando dias bem e outros com essas dores insuportáveis, minha medica diz que é normal que preciso ter paciência e repouso, já procurei outro medico para escutar outra opinião, disse quase a mesma coisa, estou indo a outro medico em Florianópolis, pois não estou suportando mais essas dores.
    Já está fazendo um ano de estou com essa doença e essas aderências, estou sem trabalhar que está bem difícil me acostumar, minha vida não é mais a mesma e vida social está bem complicada. Estou sempre acompanhando o seu loog, lendo e revivendo algumas situações.
    Hoje resolvi escrever minha historia e gostaria muita de algumas sugestões.
    Abraço grande
    Rosilene Corrêa Alves

    ResponderExcluir