quarta-feira, 27 de abril de 2016

6 ANOS DE BLOG! "ENDODICAS": CINCO DICAS DE COMO ALIVIAR CÓLICAS E DORES ABDOMINAIS!


Por Caroline Salazar

Voltei firme e forte a escrever artigos. Ebaaa! Quero escrever pelo menos um por mês. Com a coluna “EndoDicas” vou dar preciosas dicas de como conviver e viver melhor mesmo tendo endometriose, principalmente, para quem sente as dores da doença. Já falamos a respeito de como aliviar asdores nas pernas, aquela sensação de cansaço que temos, hoje quero falar sobre como aliviar as dores abdominais. Vou dar algumas dicas do que eu fazia para aliviar (ou ao menos tentar!) as minhas dores abdominais, seja cólicas ou intestinais. Para não ficar muito grande hoje vou dar cinco dicas e aos poucos vou falando mais sobre este assunto.

- Relaxamento: infelizmente nós, endomulheres, temos muita insônia, não é mesmo? Eu sofria horrores e ainda hoje durmo bem pouco. Quando bater aquela cólica chata, aquela dor ardidinha ou latente tente relaxar. Se der para deitar bem, se não der tente ao menos colocar as pernas para cima, de preferência com as panturilhas sobre uma almofada e ou um travesseiro, e faça um exercício de respiração que é batata para relaxamento: expire e inspire longamente e bem devagar. Faça uma série de 10 repetições, descanse uns minutos e volte novamente. Comece com uma série e vá aumentando aos poucos conforme sua evolução. Eu aprendi esse exercício de respiração quando fiz minha fisioterapia uroginecológica na Unifesp e sempre foi batata em aliviar as dores, especialmente, as musculares e, de quebra, ainda acalmava a cólica também.  

- Bolsa de água quente: nossa grande aliada quando estamos com cólicas, principalmente, quando já tomamos analgésicos. O calor da água relaxa a musculatura amenizando as contrações uterinas. Não tome medicamento sem a prescrição de seu especialista.

- Chás: Quando tinha cólicas (sim, eu vivo sem elas há quase 4 anos J) sempre tomava chá de camomila ou de hortelã, pois essas  ervas ajudam a relaxar e a acalmar dores abdominais, dentre elas, as cólicas e as dores de estômago. A camomila, por ser calmante, também ajuda a melhorar as dores de cólicas intestinais. Para quem gosta de canela, como eu, ela também é uma boa pedida, pois a canela age como analgésico ajudando a controlar as dores da cólica.

- Evite alimentos gordurosos e bebidas gasosas: Investir numa alimentação saudável com mais frutas, legumes e verduras também é uma boa pedida. Alimentos enlatados, gordurosos e com muita gordura trans, como frituras e hambúrgueres, além de aumentar nossa gordura abdominal, aumentam a produção de hormônio aumentando a contração do útero. Evitar bebidas gasosas também é uma valiosa dica para quem sofre com as temidas cólicas.

- Pratique exercício físico: eu sei muito bem que quem sofre com cólicas, dependendo do grau da dor, mal consegue se mexer. Mas falo por experiência própria, uma simples caminhada leve melhora e muito as dores da cólica. O Pilates também é um grande aliviado, pois além de relaxar a musculatura há também o trabalho de respiração durante os exercícios. Eu amo Pilates. Acho uma atividade que contribui e muito para o fortalecimento muscular, a manter a postura correta e a relaxar.

Quem tiver outras dicas podem deixar nos comentários. Lembrando que nosso especialista tem de ficar a par de tudo que acontece com a gente. Não faça nada, não tome nada sem o consentimento de seu médico. Importante lembrar que as cinco dicas que escrevi funcionou comigo, mas cada organismo poderá reagir de uma forma. Beijo carinhoso!

6 comentários:

  1. Que bom que voltou a escrever!!!
    Bom dia, eu sofria com muitas dores, tomava calmante para dormir, então resolvi apostar no medicamento que já tinha ouvido muito falar mas que nenhum médico quis me receitar, após começar a tomar o allurene, na verdade estou tomando o diogeneste 2mg do laboratorio eurofarma, que é o genérico dele, minhas dores sumiram. Nada de dor em nenhum momento. Em 3 meses de uso, a menstruação desceu apenas 2 meses , já estou na quarta caixa. Como o prometido é secar os focos da endometriose (a minha infelizmente é profunda) vou aguardar o término da quarta caixa e fazer uma ressonância magnética pra ve como esta. Fora isso comecei a fazer tbm a autohemoterapia, que segundo alguns estudos consegue melhorar muito a endometriose em até 6 meses. Bom, pra acabar com essa dor infernal vale a pena apostar em tudo. Não fiz a videolaparoscopia porque nenhum médico me garantiu que meu sistema reprodutor sairia intacto da cirurgia, então estou tentando todos os meios não cirúrgicos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Talitha. Você teve sangramentos de escape tomando esse medicamento? Te peço, pois uso o Pietra e estou no segundo mês, já faz uns 15 dias que estou com escape!
      Tenho endo profunda e já fiz duas cirurgias!
      Abç.

      Excluir
    2. Oi Talitha. Você teve sangramentos de escape tomando esse medicamento? Te peço, pois uso o Pietra e estou no segundo mês, já faz uns 15 dias que estou com escape!
      Tenho endo profunda e já fiz duas cirurgias!
      Abç.

      Excluir
    3. Oi gurias ... usei Pietra por 05 meses , e no quarto tive escape que durou 10 dias , mas as dores nas costas foram insuportáveis, e fincadas fortes no útero me acompanharam durante todo o período que usei. Troquei de médico , ele me prescreveu o Allurene , mas estou em duvida pois li na bula e os efeitos colaterais são iguais ao Do PIETRA , mas ele me garantiu que só tive esses efeitos colaterais devido o Pietra ser o genérico do Allurene. Alguém sentiu algo tomando Allurene ?

      Excluir
  2. Gostei muito do seu blog! Descobri a endo em ago/2015, com 33 anos, e fiz uma vídeo em 12/2015, com a Dra. Renata Zito, em SP (moro no interior do RJ e a área de saúde aqui não é boa). Fui diagnosticado com Endo nível 2 (quase 3) e adenomiose. Após a vídeo, usei durante 3 meses o medicamento gestrinona pentravan (com aplicações locais 3x na semana) e tive alguns escapes, porém, cólica zero. Esse mês estou menstruando pela primeira vez, após a vídeo, sem o uso de alguma medicação e estou com cólica, porém, beeeemmm mais leves q tinha anteriormente. Quase não leio artigos e comentários sobre a gestrinona e gostaria de saber se alguém já usou e o q achou (me dei muito bem). Estou querendo engravidar agora e tenho muito medo de não conseguir, pois tenho tb ovários policísticos. Tenho lido mts artigos sobre alimentação saudável na Endo e vi q na maioria, eles indicam a suspensão de soja, glúten e lactose. Alguém por aqui faz algum tratamento parecido e notou alguma diferença? Bjs, Daniele

    ResponderExcluir
  3. O blog tem dicas excelentes! Acompanho sempre. Queria uma ajuda, pois pesquisei muito na internet e não encontrei respostas. Meu retorno com o médico está distante e estou com muitas dúvidas! O tratamento p/ narcolepsia com o medicamento Stavigille tem algum impacto na endometriose? O pouco q li é no sentido de q pode prejudicar o tratamento... Estou com suspeita deste problema, além da endometriose, e não sei se devo começar o tratamento com o medicamento Stavigille, caso se confirme... Se alguém puder me ajudar, fico agradecida!

    ResponderExcluir