terça-feira, 17 de julho de 2012

A PRIMEIRA MENSTRUAÇÃO SEM DOR DA MINHA VIDA!!

Para quem leu o título e disse: "Como assim?" Você leu certo e eu não estou louca! Eu sei que é muito, mas muito difícil mesmo para quem tem endometriose ler o título acima e acreditar que é possível para uma endomulher ter uma menstruação normal. Fiz questão de usar essa palavra "normal", porque anormal é sentir cólicas, em especial, as dores muito fortes. Ao contráio do que dizem muuiiiitos médicos, a cólica menstrual não é normal e não tem isso de "ah, quando casar passa", "quando tiver filho melhora", "você é muito nova e vai sentir dor até ficar mais velha." Men-ti-ra!. Essa é a primeira vez que menstruo e, pasmem, eu não senti nada, absolutamente nada! Foi meu grande presente de aniversário. No dia 15 completei 34 anos de vida e, um dia antes, a danada desceu. Aí pensei: "ah, não vai estragar o meu dia, a minha noite." Mas, para minha surpresa, eu não senti e não estou sentindo nada! Celebrei minha nova idade com poucos e bons amigos, aqueles que me ajudaram a me manter firme durante todos esses anos. São amigos especiais, amigos que já me levaram ao médico, que ainda me leva, que me hospedou na casa após minha segunda cirurgia, amigos que me ligam para saber como estou, amigos que vibram comigo cada dia que passo sem dor, amigos do bem, amigos de verdade!

Eu passei aqui para contar mais esta novidade em minha vida. Sei que vocês vibram comigo, a cada descoberta desta minha nova vida. Estava há quase quatro anos sem menstruar e, confesso que, quando soube que eu poderia voltar a menstruar com o Mirena, fiquei muito apreensiva. Porque tudo depende do organismo de cada mulher. Muitas menstruam com o Mirena, mas outras não. E, quando escutei isso do dr. Hélio, logo pensei: "Meu Deus tomara que eu não menstrue mais." Dias antes de a menstruação descer, eu senti umas pontadas, mas não precisei tomar nem dipirona, que fica na minha bolsa para qualquer emergência.Toda mulher com endometriose tem pavor da menstruação, já que ela é quem nos causa esse grande sofrimento chamado endometriose. Apesar de ser nossa grande vilã, a menstruação tem também seu lado bom, como por exemplo, a libido. Sem ela, muitas mulheres ficam com menos libido. Posso dizer que, para mim, já senti diferença nesta parte.. rsrs O fluxo foi bem fraco, que o absorvente míni, o Carefree, segurou. E, sabe o que me levou a ter certeza de que estava menstruada: a alteração intestinal, a tal da evacuação diarreia. Mas se continuar assim, está ótimo. Esse foi meu primeiro abençoado ciclo, de muitos outros que virão.

Fico muito, mas muito feliz com as mensagens positivas que recebo no blog e no face do blog, em especial, daquelas que ainda sofrem com a doença. Eu sou a prova de que nossa fé e nossa perseverança têm de caminhar sempre ao nosso lado. Eu sofri praticamente minha vida toda com muitas dores inexplicáveis, passei por louca, por fraca, mas sempre vivi cada dia como se fosse o último dia de minha vida. Esse é um dos meus lemas. Minha querida avó materna me criou para eu ter muita fé, acreditar em Deus, pois segundo ela, quem é do bem, Ele sempre ajuda. Tendo como base esses ensinamentos, já faz um tempão que eu converso com nosso Pai diariamente. Eu desabafo tudo, como se fosse para um grande amigo. Afinal, foi Ele que nos colocou aqui e é quem guia nosso caminho. É o único que sabe do nosso futuro e é quem delega cada missão na Terra. E eu pedi tanto a Ele uma chance para viver sem dores, pois só assim eu poderia ajudar ainda mais todas vocês. E, mais uma vez, nosso Criador, o Todo-poderoso do Universo, me atendeu. Sei que muitas de vocês ainda sofrem, muitas até em silêncio, sozinhas (assim como eu sofri por muitos anos), mas eu digo: tenha FÉ, pois só ela é que poderá mover montanhas. Mesmo em meus momentos tristes, de depressão profunda, eu tentava manter minha FÉ. Não é fácil, mas é preciso ter força, muita FÉ, perseverança e esperança.

Agora, eu estou boa para ajudar todas as portadoras de endo do Brasil e do mundo. Eu nunca imaginei que esse espaço aqui, um dia seria o blog com mais seguidores, o mais acessado e, consequentemente, o mais lido do mundo todo sobre endometriose. Eu sei que quem planta o bem, colhe o bem. Porém, o sucesso deste espaço não é meu, mas sim de todos vocês. Afinal, o blog é nosso e é o único sobre o assunto que tem os comentários abertos, sem edição, sem ter de pedir permissão. Por isso, peço a todos para votarem no A Endometriose e Eu no Top Blog Brasil 2012. Neste ano, cada pessoa pode votar com um e-mail, facebook e twitter. Para votar no A Endometriose e Eu é fácil. É só entrar na página do blog, clicar no selo do Top Blog Brasil, que está à direita da página piscando. Você será redirecionado à página do prêmio, onde terão as três opções de voto: e-mail, twitter e facebook. Se você tiver os três, vote com todos, assim teremos mais chances. Por e-mail, quando abrir a página, clica na seta votar, que está à direita em azul. Na opção e-mail é necessário validar seu voto em seu próprio e-mail. Você vai receber um e-mail do prêmio pedindo a confirmação de seu voto. Basta clicar no link do e-mail e pronto, seu voto foi validado com sucesso! Peço a ajuda de todos em angariar votos pro blog. Só com a ajuda de vocês, será possível atingir nosso objetivo: ter a endometriose reconhecida como uma doença social e termos direitos de cidadão em nosso país. Beijos com carino!!


OBS: Aproveito este post para dizer que a nossa querida amiga e leitora Hosana Santana, a partir de agora, vai me ajudar a responder aos comentários do blog. Estou trabalhando bastante, com muitas pesquisas a fazer sobre a endo, milhares de e-mails para responder e ela ofereceu esta grande ajuda. Como pensamos de forma parecida e ela já participava sempre, comentando outras histórias de leitoras, a Hosana vai agregar muito em seus comentários e vai revezar essa ajuda entre às mamadas e às trocas de fralda da sua pequena Caroline, de 2 meses. , por ela ter superado muito obstáculos, até mais do que eu, sei que estou no caminho certo. Assim que der, ela vai terminar de contar sua história aqui, para falar sobre a chegada de sua pequena. :)

7 comentários:

  1. Como escutei essas frases em relação as cólicas. Cansei de escutar até descobri que minhas cólicas era endometriose.
    Fico muito feliz em saber que você está bem e a cada post que escreve vem boas novidades. Torci e ainda torço por você, pela sua saúde e pelo seu sucesso.
    Aproveite bem esse momento sem dor!

    As leitoras do endometriose e eu, só tenho a dizer que foi um prazer receber o convite da Carol, ao qual aceitei com muita alegria.
    Vou responder com carinho e muita dedicação cada comentário.
    Uma pequena correção, a minha Caroline, não tem 2 meses ainda, hoje ela está com 1 e 14 dias.
    Assim que possível conto a vocês minha trajetória da segunda cirurgia até o nascimento da minha filha. Digo apartir da segunda cirurgia, pois já contei o meu sofrimento com a endometriose até a segunda cirurgia.

    Um abraço, muita força, esperança e fé a cada uma de vocês que são guerreiras e lutam por dias melhores.

    Hosana Santana

    ResponderExcluir
  2. Maravilhaaa...Deus é fiel mesmo!
    Muito feliz por vc!
    Abraço,
    Gilmara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilmara, querida!
      Deus é realmente maravilhoso!! Para quem acredita nele e para quem é do bem, nosso Pai sempre há de ajudar. Beijos com carinho!!

      Excluir
  3. Parabéns pelo aniversário e feliz ano novo..podemos dizer assim? Um ano e novos anos sem dor?? Bjs, Gabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi, querida!
      Obrigada!! Que todos os meus anos sejam sem dor, mas como não sabemos como a endo volta a atacar, eu prefiro continuar vivendo intensamente todos os meus dias sem dor. Até agora são 51 dias, já que meu último dia de dor horrorosa foi em 1° de junho, dia da minha segunda cirurgia. E vc com está? Eu mandei um e-mail. Beijos com carinho!

      Excluir
  4. Carol, meu médico me receitou o MIRENA mas eu nunca tive filhos e estou com muito medo. Você engravidou naturalmente depois do MIRENA?
    Nane Lima, Bahia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nane, como vai?
      Eu ainda não em filhos, assim como você. O bom do Mirena é que além de controlar a endo e as aderências, a fertilidade volta rapidamente após a retirada. Foi o que meu médico disse, pergunta pro seu. Esse DIU foi o grande milagre da minha vida. Volta aqui para contar o que você decidiu. Beijo carinhoso!! Caroline Salazar

      Excluir