segunda-feira, 11 de julho de 2011

UM OIZINHO, MUITAS DORES MUSCULARES E PAUSA NA FISIO!

Eu ando com tanta saudade do nosso espaço! Hoje, eu cheguei mais cedo da redação e escrevi o artigo do Muriaé na Web. Este artigo é o do mês de junho, que não tive tempo e condições de escrever até agora. Explico: eu chego tarde em casa e supercansada e, quando chego mais cedo, eu ando com tanta dor, que a cama é o melhor destino. Hoje, finalmente consegui escrever. Falei sobre a fisio uroginecológica, o tratamento que eu faço, ou melhor, que eu fazia na Unifesp. Assim que a Ludmila publicar, eu posto aqui. Por ora, eu tive que parar a minha fisio, porque a Ana Paula conseguiu me encaixar às 10hs da manhã. Mas, agora, eu trabalho! E, toda quarta-feira, eu entro por volta das 11hs. Se a fisio fosse as terças-feras, não tinha problema, mas quarta, eu fiquei com medo de chegar mais tarde, ter que explicar tudo e perder o trabalho. O meu grande trauma da endometriose é, sem dúvida, o desemprego. Só Deus e o meu namorado sabem o que eu passei. Por isso, até segunda ordem, ou melhor, até vagar o horário das 9hs na Unifesp, e a Ana se lembrar de mim, abri mão do meu tratamento. Agora, dor muscular eu tenho todos os dias. Não sei se influencia o fato de eu trabalhar sentada. Todos os meus músculos, da cabeça aos pés, dóem muito e lateja o tempo inteiro, full time, 24 horas por dia. É uma loucura! A dor, eu sinto principalmente, nos ombros, mas aí acho que é pelo fato de os meus seios estarem muito pesados. Terei que fazer plástica, já até fui ao cirurgião plástico, também do Nipo, e, por coincidência, amigo do Dr. Hélio desde os tempos de cólégio, e ele disse que sim, terei que operar. Eu tenho consulta no fim do mês. Vamos ver se consigo ir. Ainda não falei nada sobre isso, porque, fui apenas a uma consulta. A do Dr. Hélio, no dia 19, eu vou desmarcar de novo, pois, não fiz a ressonância. magnética Olha, o preparo desse exame é péssimo, pra não falar outra coisa. Depois, vou fazer um post especial sobre isso. Aproveito para agradecer aos meus leitores a paciência e também pelo fato de o blog ter a cada dia, mais leitores e seguidores. Agradeço também aos e-mails que recebo. Hoje, consegui responder dois, aos poucos, vou responder todos. Obrigada por tudo e, principalmente, pelas orações e pela energia positiva que cada um de vocês derrama sobre mim!! Com certeza, toda essa energia está fazendo toda a diferença e fazendo com o que eu fique ainda mais forte. Porque ainda estou enfrentando muita barra, viu. Não são só as minhas dívidas não, mas a incompreensão de pessoas ignorantes que me cercam. Beijos com carinho!!!

4 comentários:

  1. Anônimo disse...Oi minha querida Caroline, como está?

    Sempre que posso, passo por aqui pra ler seus posts e fiquei contente por saber que está trabalhando, porém preocupada por constatar que deixa de lado o tratamento necessário pra ficar bem. Quero que visite o site da clínica onde presto assessoria de imprensa (Gastroclínica) e leia a notícia de ontem sobre Endometriose. E mais, gostaria que escrevesse algo para publicarmos lá, sob a ótica de quem passa pelo problema. Aprendi a ver com olhos especiais o tema por sua causa, do Dr. Namir e Dr. Sagae, que hj é uma das pessoas que mais estuda sobre o assunto, e médico da clínica que mencionei. Fico esperando sua visita e seu artigo.

    http://www.gastro.com.br/samba/

    Grande beijo, continue sua luta que é de todas as mulheres!

    ResponderExcluir
  2. Rejane Pitta - SP/SP20 de julho de 2011 12:06

    Olá, Carol!
    Lembra-se de mim? Não tenho endo, graças a Deus, mas procuro me informar sempre e orientar mtas pessoas, já falei com mta gente...
    Também andava na maior correria com o trabalho, fiquei meio sem tempo de ler suas últimas notícias, mas vou lendo aos pouquinhos.
    Fiquei super contente em ver como os acessos e seguidores tem aumentado, em pensar q alguns meses atrás eram tão poucos...
    Q ótimo saber q vc continua trabalhando, sei q é difícil, mas não abra mão do seu tratamento.
    Vc já me pediu meu e-mail e acabo não mandando, mas vou enviar hj, direto pro seu.
    Deus lhe abençoe! FORÇA!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Soraia! Tudo bem??
    Gostei muito do artigo. Aliás, gosto muito dos temas que você aborda em seu programa. Eu quero escrever o artigo, sim. Numa doença tão enigmática quanto à endo, só quem sente as reais dores e suas consequências, sabe o quanto ela é perigosa. Infelizmente, na vida precisamos fazer escolher. Neste momento, o meu trabalho é o primordial. Eu só dei um tempo na fisio, até as meninas conseguirem um horário mais cedo para me encaixar. Só eu sei o quanto sofri e as consequências que o desemprego causou em minha vida. Volte sempre!! Beijos com carinho!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Rejane tudo bem?
    Eu me lembro de você, sim. Como já falei aqui, são mulheres como você que faz a diferença em nosso país. Obrigada por sua ajuda e engajamento na causa das endomulheres. Passando a informação adiante, você ajuda a salvar vidas! Vou responder o seu e-mail. Obrigada por indicar o blog. Ele é feito com muito amor e carinho. Beijos com carinho!!

    ResponderExcluir